Fórum esclarece a diferença entre sigilo e segredo profissional



Tem gente que não pode sair por aí dizendo o que viu ou ouviu. O sigilo faz parte do código de ética de algumas profissões, mas existem casos em que ele pode ser quebrado? E será que os profissionais sabem lidar com questões limite? Sigilo profissional é o tema do Fórum desta semana. Participam do programa a procuradora do Trabalho, Andrea Nice e a advogada trabalhista Alessandra Camarano.

Para a advogada, o sigilo está ligado à função. "Por exemplo, o médico tem um estatuto, tem todo um regramento que deve observar. O advogado tem o estatuto da advocacia que diz também e disciplina sobre o exercício daquelas funções. Então, eu tenho todas aquelas funções onde se exige o sigilo e eu tenho um regramento próprio para o exercício daquela função", explica a procuradora.

Andrea Nice destaca que há diferença entre sigilo e segredo profissional. "O sigilo é muito inerente a determinadas profissões, enquanto o segredo está muito afeito a área trabalhista, exemplificando, segredos da empresa, de fatos que não podem estar sendo repassados para concorrentes ou para determinadas pessoas, porque fazem parte ali, daquele dia a dia, e da forma de trabalho desenvolvida por aquela empresa", esclarece.


Sugestões, dúvidas e perguntas podem ser encaminhadas para o e-mail forum@stf.jus.br

Exibições:


Reapresentações: (05/06), às 18h; (06/06), às 11h e (07/06), às 12h.
Fonte:STF

Assista aqui

Comentários