Empresa desenvolve vacina contra febre chikungunya e dengue


Mosquito Tigre
Duas novas vacinas, contra a dengue e a febre chikungunya (CHIK), foram desenvolvidas pela empresa Themis, de Viena, e após estudos preliminares prometem uma proteção eficaz contra ambas as doenças. O anúncio foi feito nesta quarta-feira, 27, pela companhia austríaca Viennese biotech boutique Themis em comunicado, após publicar os dados dos estudos clínicos que acabam de ser concluídos.



Ambas as vacinas "candidatas" mostraram uma boa eficácia, afirma a nota.



"Com apenas uma vacinação contra a febre de chikungunya foi possível o alcançar uma proteção completa", enquanto a fórmula contra a dengue é efetiva para quatro esteriótipos conhecidos da doença. Baseada nos bons resultados, a Themis começará antes do fim deste ano o estudo da primeira fase clínica para ambas as vacinas.



As duas doenças são virais e transmitidas pelo mosquito "Aedes aegypti" e "Aedes albopictus", que são criados na água acumulada em recipientes e objetos em desuso.



A dengue, única Doença Tropical Desatendida (ETD) que se expandiu na última década, multiplicou sua incidência por 30 nos últimos 50 anos, segundo afirmou em janeiro a Organização Mundial da Saúde (OMS). Ela pode ser mortal e já é uma doença endêmica em 100 países do mundo, incluindo quase todos da América Latina.



A chamada artrite epidêmica chikungunya é uma cepa de febre viral transmitida pelos mosquitos "Aedes aegypti" e "Aedes albopictus", endêmica no Sudeste Asiático e zonas da África.



EFE

Comentários