Lista de progressão dos servidores do administrativo será publicada no Diário Oficial de Alagoas





A lista de progressão dos servidores do apoio e administrativo da educação contemplados com o Plano de Cargos, Carreiras e Subsídios (PCCS) será publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) na próxima semana. O anúncio foi feito pelo secretário Estadual de Educação, Adriano Soares, nesta quarta-feira (27), durante entrevistas aos programas Cidadania, do radialista França Moura e Fique Alerta, na Tv Pajuçara.


O benefício da mudança de classe do servidor está inserido no Projeto de Lei do PCCS, que foi aprovado, por unanimidade de votos, na sessão plenária da Assembleia Legislativa de Alagoas na última terça-feira (26). Com a aprovação, a matéria segue para a sanção do governador Teotonio Vilela Filho.


Durante as entrevistas, Adriano Soares destacou a importância da aprovação do Projeto de Lei para os servidores do administrativo da educação. “O PCCS já é uma realidade e representa um grande avanço para os servidores do administrativo porque permitirá que ele cresça na carreira através de cursos rápidos para a sua formação”, afirmou.


O secretário frisou também que o plano foi elaborado pelos servidores do administrativo em parceria com o Sindicato dos Auxiliares de Administração Escolar (SAE-AL). “O sindicato dos administrativos foi um grande parceiro para a criação do plano. O resultado é o benefício para o próprio servidor”, disse.


Benefícios - Um dos benefícios que o projeto proporcionará, assim que for publicado como lei no Diário Oficial, será a redução no tempo de progressão (mudança de classe) do servidor, que passará de cinco para três anos.


De acordo com o chefe da unidade dos direitos, deveres e vantagens da Secretaria, do Estado da Educação e do Esporte (SEE), George Paes, após a aprovação do PCCS, a pasta divulgará o cronograma dos cursos de formação voltados aos servidores do apoio e administrativo que farão parte do Inova Educação. O prazo para a divulgação é de 30 dias após o Projeto de Lei ser sancionado pelo governador Teotonio Vilela Filho.


O técnico afirma que o Inova Educação vai ser um incentivo para que o servidor invista na sua qualificação. “No Inova Educação, vamos fomentar servidores que tenham boas ideias para a melhoria da educação a transformar estas propostas em projetos concretos. Caso esse projeto seja adotado na rede, esse servidor terá melhorias no seu salário”, adianta Paes.


Os cargos contemplados com o PCCS atendem os níveis Fundamental e Médio. São eles: Auxiliar de serviços diversos; Auxiliar administrativo; Fotógrafo; Aderecista; Artífice; Motorista; Vigia; Merendeira; Agente Administrativo; Assistente de Administração; Oficial de Apoio Técnico e Educador Social.
Texto: Kassia Nobre
.http://www.educacao.al.gov.br;

Comentários