Médicos do Brasil : FENAM define calendário de greve

Diante da revolta generalizada da categoria médica com as recentes medidas tomadas pelo governo federal, médicos de todo o Brasil seguem calendário de greve da FENAM. A programação de ações foi deliberada por lideranças do movimento, na semana passada, para ir à luta e defender suas bandeiras. Greve, manifestações, assembleias, ações judiciais mostram sua insatisfação com a MP 621/2013, a qual institui o Programa Mais Médicos e com os vetos da presidenta Dilma Rousseff ao Ato Médico.




Dia 23, a classe vai paralisar. Será um momento de greve, de acordo com a recomendação da presidência da FENAM. Alguns sindicatos já informaram, confira:

ACRE: médicos decretaram greve geral por tempo inderteminado, a partir do dia 23


BAHIA: médicos da Bahia vão às ruas também no dia 23. Ainda como estratégia da mobilização nacional, haverá as paralisações programadas para os dias 30 e 31 de julho. 


ESPÍRITO SANTO: vão se reunir no próximo dia 23 para definir a estratégia de mobilização para os dias 30 e 31 de julho.


GOIÁS: médicos vão parar dia 23.


MINAS GERAIS: os médicos também vão paralisar os três dias propostos pela FENAM.


MATO GROSSO DO SUL: vão paralisar o atendimento no dia 23 de julho. 


PARANÁ: os médicos decretaram estado de greve e têm como proposta a realização de paralisação por tempo indeterminado (17)


RIO GRANDE DO SUL: define nesta quarta-feira (17)


RIO GRANDE DO NORTE: médicos seguem o calendário da FENAM e paralisarão no dia 23


FENAM:
Dia 23: Greve e manifestações
Dia 30: Greve
Dia 31: Greve e assembleias estaduais


Agosto
Dia 8: Audiência pública no Congresso e realização do Encontro Nacional das Entidades Médicas (Enem)
Dia 9: Realização do Encontro Nacional das Entidades Médicas (Enem)
Dia 10: Encontro Nacional das Entidades Médicas (Enem)

Comentários