Como evitar o Suicídio : Estratégia Nacional de Prevenção - Manual da OMS



PREVENÇÃO DO SUICÍDIO
UM MANUAL PARA PROFISSIONAIS DA SAÚDE PRIMÁRIA

Prefácio 

O suicídio é um fenômeno complexo que tem atraído a atenção de filósofos, 
teólogos, médicos, sociólogos e artistas através dos séculos; de acordo com um 
filósofo francês Albert Camus, em O Mito de Sísifo, esta é a única séria questão 
filosófica. 

Como um sério problema de saúde pública, este demanda nossa atenção, mas sua prevenção e controle, infelizmente, não são uma tarefa fácil. As melhores pesquisas indicam que a prevenção do suicídio, enquanto factível, envolve uma série completa de atividades, abrangendo desde a provisão das melhores condições possíveis para congregar nossas crianças e jovens através de um tratamento efetivo dos distúrbios mentais até um controle ambiental dos fatores de risco. Elementos essenciais para os programas prevenção do suicídio são o aumento da percepção e a disseminação de informação apropriada. Em 1999 a OMS lançou o SUPRE, sua iniciativa mundial para a prevenção do suicídio. Este livreto é um de uma série de fontes preparadas como parte do SUPRE e destinado a grupos profissionais e sociais particularmente relevantes na prevenção do suicídio. Isto representa um elo numa longa e diversificada corrente envolvendo um largo espectro de pessoas e grupos, incluindo profissionais de saúde, educadores, agentes sociais, governantes, legisladores, comunicadores sociais, forças da lei, famílias e comunidades.

Somos especialmente devedores à Dra. Lakshimi Vijayakumar, SNEHA, Chennai, Índia, que preparou uma versão preliminar desse livreto. O texto foi posteriormente revisado pelos seguintes membros da Rede Internacional de Prevenção ao Suicídio da OMS, aos quais somos gratos: 

-Dr. Øivind Ekeberg, Ullevål Hospital, Universidade def Oslo, Oslo, Noruega 
-Professor Jouko Lønnqvist, National Public Health Institute, Helsinki, Finlândia 
-Professor Lourens Schlebush, Universidade de Natal, Durban, África do Sul 
-Dr. Airi Värnik, Universidade de Tartu, Tallinn, Estônia 
-Dr. Shutao Zhai, Nanjing Medial University Brain Hospital, Nanjing, China. 
Livretos como este estão agora sendo amplamente disseminados, na 
esperança de que eles serão traduzidos e adaptados às condições locais – um prérequisito 
para sua eficácia. Comentários e requisições para permissão de tradução 
e adaptação serão então bem vindos. 

Dr. J. M. Bertolote 
Coordenador, Trantornos Mentais e Comportamentais 
Departmento de Saúde Mental 
Organização Mundial da Saúde 

Tradução para o Português: 

Janaína Phillipe Cecconi, Sabrina Stefanello e Neury José Botega, do Departamento de Psicologia 
Médica e Psiquiatria da Faculdade de Ciências Médicas, Universidade Estadual de Campinas, 
Campinas, Brasil. Centro Brasileiro do Estudo Multicêntrico de Intervenção no Comportamento 
Suicida – SUPRE-MISS, da Organização Mundial da Saúde.

Manuais 1 , 2 , 3

Comentários