ONU Alerta : Surto de Peste em Pequenos Ruminantes na África

Maputo - Moçambique integra a lista de países da SADC afectados pelo Surto de Pequenos Ruminantes, doença infectocontagiosa que poderá dizimar 12 milhões de cabritos e ovelhas, alertou hoje (quarta-feira) a Organização da ONU para Agricultura e Alimentação (FAO), citado pela AFP. 


A agência das Nações Unidas estima que milhões de cabritos e ovelhas estão em risco de serem infectados em países como Moçambique, Malawi e Zâmbia, devido ao Surto de Pequenos Ruminantes que está a afectar países da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC). 

A FAO promete dar apoio técnico aos Estados membros do bloco regional do continente africano para se evitar o alastramento da peste, que eclodiu no início de 2010 na Tanzânia, onde mais de 23 milhões de cabritos e três milhões de ovelhas poderão ser atingidos. 


Segundo a FAO, caso a doença se propague para os restantes países, a SADC poderá enfrentar problemas de segurança alimentar e de sobrevivência de milhares de pessoas, causando também prejuízos socio-económicos incalculáveis. 


Citada pela Rádio Moçambique, a agência estima que pelo menos 50 milhões de cabritos e ovelhas estão em risco de contrair a doença na região Austral de África. 


Face à ameaça, técnicos de Moçambique, Zâmbia e Malawi reuniram-se há dias na capital malawiana, Blantyre, onde delinearam uma estratégia regional visando prevenir a propagação do surto na África Austral.  
Angola Press

Comentários