Venezuela : dois casos de cólera importados de Cuba

Existe ocorrência de cólera na América Central, notadamente Haiti, Cuba e, atualmente menos importante, República Dominicana. A detecção e notificação dos casos importados notificados na Venezuela, reforça a necessidade de que os serviços de vigilância na América do Sul estejam em alerta.
Promed-port.




Vibrio cholerae




Caracas -. A Sociedade Venezuelana de Saúde Pública informou que no país há duas pessoas infectadas com cólera. A sociedade médica disse que um casal estava viajando em Cuba e retornou ao país nesta semana contaminado com a bactéria. Eles acrescentam que a doença foi confirmada por testes laboratoriais, e os pacientes foram internados em uma clínica particular na capital."Extra-oficialmente, sabemos que em 07 de agosto de 2013, foram identificados dois casos de cólera importados de Cuba que foram confirmados através de exames de laboratório e estão hospitalizados em clínicas privadas, no leste de Caracas.O casal após retornar de Havana, começou a apresentar sintomas de diarreia aguda com necessária indicação de hospitalização em 06 de agosto. As culturas foram positivas para V. cholerae em 7 de agosto. Os médicos informaram ao Ministério da Saúde , já que cólera é de notificação compulsória .As autoridades de saúde tomaram medidas de controle nos aeroportos. Cólera é uma doença contagiosa,aguda e de localização intestinal , causada pela bactéria Vibrio cholerae .As pessoas afetadas geralmente apresentam fezes esbranquiçadas com leve odor de peixe, dor abdominal, vômitos, desidratação e dores musculares.

Comentários