A enganação da saúde pública cubana




Sala Echevarria sistema de saúde 


Muitos falam sobre as supostas conquistas da saúde pública em Cuba , até mesmo os visitantes estrangeiros que realmente não sabem o que acontece no país.

Os números fornecidos pelo governo não analisam com precisão a situação de saúde , por exemplo, a mortalidade infantil que diminuiu, foi à custa da taxa de natalidade que está em declínio, o que resulta em um envelhecimento da população.

O chamado " sistema de saúde gratuito " para todos é muito simples,e principalmente quando os recursos utilizados pelo Estado na área da saúde são escassos , como vemos nos hospitais , policlínicas , clínicas e outras instituições de saúde .

Cada dia é maior o desestímulo dos trabalhadores neste setor , o salário não chega a um dólar por dia , o que contribui para o agravamento da assistência ao paciente, pois é conhecido que os pacientes muitas vezes têm de " dar algo de volta,para ter a atenção verdadeiramente efetiva dos médicos.

Os pacientes morrem nos hospitais por falta de medicamentos e aparelhos médicos , como endoscópios , que em Hospitais como o Calixto Garcia , não possui um serviço de urgência/emergência , o que dificulta o diagnóstico e tratamento de casos de hemorragia gastrointestinal tão freqüente no âmbito das emergências cubanas .

Muitos médicos mentem para os pacientes e familiares dizendo que o tratamento utilizado é o mais eficaz ,mas na verdade não é , e o que acontece é que às vezes por falta de literatura atualizada ou Internet ,eles desconhecem o progresso da medicina, e também não podem dizer a verdade, porque com certeza vão ser punidos.

As autoridades informam que a tecnologia empregada é de ponta , quando sabemos que os equipamentos comprados para os hospitais do povo são de tecnologia ultrapassada, exemplo disso é o CT de um único corte , para citar apenas um exemplo dos muitos que existem.

As pessoas dizem que agradecem o atendimento gratuito , mas de tão má é a qualidade ,que eles chegam a pensar que é um favor que o governo está fazendo para o povo e não uma obrigação ,já que não conhecem plenamente seus direitos .

Traduzido do original:
Por Eduardo Herrera Durán/ Hablemos Press.

Comentários