Anvisa coloca em quarentena voo da American Airlines por suspeita de passageiro com Tuberculose



Passageiros do voo AA905, da American Airlines, que viajavam de Miami, nos Estados Unidos, ao aeroporto internacional Tom Jobim/Galeão, no Rio de Janeiro, foram colocados em quarentena pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), na manhã desta quarta-feira, por conta da presença de um passageiro suspeito de ter uma doença infecciosa no avião.

Segundo a Anvisa, o passageiro é um brasileiro, ex-presidiário nos Estados Unidos, deportado ontem para o Brasil, que está em tratamento para tuberculose, adquirida nos EUA.

“O viajante se encontrava na última fileira de poltronas e portava relatório médico dos Estados Unidos atestando que ‘o paciente não se encontra bacilífero’, ou seja, já está em determinada fase de tratamento da doença sem riscos de transmissão desta enfermidade”.

De acordo com a Anvisa, apesar do relatório afastando riscos de transmissão da tuberculose, o contato dos demais passageiros foi solicitado “para qualquer eventualidade”. 

Segundo a companhia American Airlines, após as investigações, os passageiros foram liberados pela Anvisa. A empresa não informou quantos passageiros estavam a bordo do voo. 

Em nota, a American Airlines se desculpou pelo episódio “por qualquer inconveniente que isso possa ter causado”

Comentários