Cuba pede a Namíbia mais dinheiro por seus médicos

O governo de Cuba apresentou à Namíbia um novo acordo que aumentará substancialmente as taxas de serviços médicos e de funcionários cubanos no país Africano.


A proposta custaria ao governo da Namíbia cerca de $ 159,000 mil dólares a mais por cada médico durante um período de dois anos, cerca de 50% por cento a mais do que o acordo vigente até agora , informou o jornal The Namibian em um extenso relatório intitulado: Os médicos cubanos tornaram-se caro .

Formatura de "médicos" Cubanos

O jornal afirma que segundo o acordo atual , que expira em abril do próximo ano , Cuba cobra US $ 79,247 por cada um dos 52 médicos cubanos que trabalham na Namíbia.


No momento os médicos cubanos recebem do governo da Namíbia, um alojamento mobiliado , $ 10,147 dólares para despesas de viagens internacionais e US $ 1,543 dólares para pagar o excesso de bagagem quando viaja para Cuba de férias, diz o jornal Namibiano .


O novo acordo proposto por Cuba foi uma surpresa para o Ministério da Saúde e Serviços Sociais da Namíbia , que já tem um orçamento de despesas aprovado para 2013 , o qual não prevê este aumento , disse o jornal citando funcionários namibianos .


Andrew Ndishishi , secretário do Ministério da Saúde, disse que o ministro Richard Kamwi , possivelmente viajaria a Cuba  na próxima semana para iniciar as negociações .

O funcionário acrescentou que até agora o acordo foi assinado pelos dois governos diretamente, mas agora o novo acordo ,será representado pelo lado cubano por uma empresa privada chamada de Comercializadora de Serviços Médicos Cubanos , SA .

Sob as condições do acordo atual, o governo namibiano paga uma média de $ 2,813 dólares por mês para cada médico ou profissional de saúde cubano . Deste valor , cada um recebe 392 dólares para despesas pessoais e alimentos, um processo que é feito através da Embaixada de Cuba na Namíbia.

A nova taxa da Comercializadora de Serviços Médicos Cubanos , SA para a Namíbia, estabelece a  cobrança de  6,335 dólares por mês por um especialista, $ 3,386 para um clínico geral , $ 3,104 por engenheiro de equipamentos médicos, $ 2,850 para enfermeiros e $ 2,590 por um técnico graduado de nível universitário .

O ministro da Saúde disse que desde 2009 até à data atual , cerca de 410 profissionais de saúde passaram pela Namíbia, com gastos para o país de cerca de dois milhões de dólares com  despesas pessoais e de alimentos , mas nunca tinha pago um salário por eles.

Kamwi disse ao jornal The Namibian ,que o país tem um grave deficit de médicos e de pessoal de saúde e planejava pedir a Cuba mais 68 médicos , para chegar a 120, mas com o novo acordo isso significaria um custo adicional de US $ 4 milhões de dólares.


Traduzido do Original:

Cuba pide a Namibia más dinero por sus médicos

Comentários