Fidel Castro o artífice da fraude eleitoral na Venezuela



O venezuelano comunista , e ex- guerrilheiro Hector Perez Marcano disse ao jornal espanhol " El Pais ", que o regime de Fidel Castro é o arquiteto da fraude eleitoral na Venezuela.

Em uma entrevista publicada neste fim de semana , Perez Marcano critica o fato de funcionários e autoridades cubanas controlarem os serviços de identificação nacional dos Venezuelanos, que está vinculado ao registro eleitoral permanente.

O ex-membro da Frente para a Libertação da Venezuela observou que o registro  eleitoral no seu país tem um crescimento que não corresponde com o da população venezuelana , acrescentando que os cubanos são responsáveis ​​pelos milhares de eleitores virtuais.

Perez Marcano é o autor de um livro autobiográfico que traça a penetração de Castro , na Venezuela .
Ele disse que a Venezuela não prestou atenção na sua advertência sobre o retorno do projeto expansionista de Fidel Castro no continente latino-americano, após a reeleição de Hugo Chávez em 2006.

.Perez Marcano de 82 anos, descreve que desde o início estava ciente dos interesses do regime de Castro a partir das informações que pode obter de um agente de inteligência cubano que trabalhava na embaixada de Cuba em Caracas em 1970 e 1980.

O autor de um livro autobiográfico intitulado "A Invasão de Cuba na Venezuela ", observa que o agente cubano , que se recusa a dar o seu nome, não reside em Cuba , mas no México,e viaja com freqüência à Venezuela, onde tem excelentes relações com os grupos políticos da esquerda e da direita .

Perez Marcano refere-se a esse agente como um " quadro político " importante e influente que  leva a feito um trabalho muito útil para a penetração castrista na Venezuela, e que continua a trabalhar na América Central, para a inteligência cubana.

Comentários