CREMERJ QUER INFORMAÇÕES SOBRE A DISTRIBUIÇÃO DO MAIS MÉDICOS



O CREMERJ enviou, mais uma vez, um ofício para o Ministério da Saúde pedindo a lista dos médicos formados no exterior que já estão atuando nas unidades de saúde do Rio de Janeiro, o nome dos supervisores e tutores acadêmicos e o local de trabalho de cada um. Todas essas solicitações estão de acordo com a lei 12.871/2013 (MP 621/2013), que criou o programa “Mais Médicos para o Brasil”, e em conformidade com a lei que define as atribuições do Conselho, entre elas, a fiscalização do exercício da medicina.

“Queremos saber onde estão os médicos estrangeiros no nosso estado. Temos um compromisso com a população, com os médicos e com a medicina. Para cumprir, precisamos fiscalizar. Não há dificuldade nesses dados, por isso entendemos que não será problema para o Ministério da Saúde nos informar”, declarou o presidente do CREMERJ, Sidnei Ferreira.


O CREMERJ também enviou o ofício para o Núcleo do Ministério da Saúde no Estado do Rio de Janeiro (Nerj), para a coordenação do programa “Mais Médicos para o Brasil” e para os secretários de Saúde dos municípios: Belford Roxo, Duque de Caxias, Guapimirim, Itaboraí, Itaguaí, Japeri, Mesquita, Nilópolis, Niterói, Queimados, Rio de Janeiro, São Gonçalo, São João de Meriti e Seropédica.

FONTE- CREMERJ

Comentários