Em Joaquim Gomes -AL : “Vá mamar numa vaca ou num jegue para arrumar leite”

OFENSA AO MÉDICO E AO POVO
     Em Joaquim Gomes, a secretária de saúde descompensou. Num deprimente show de despreparo e desequilíbrio emocional, diante de dezenas de testemunhas, gritou para um médico: “Vá mamar numa vaca ou num jegue para arrumar leite”. A história foi parar, através de denúncias de servidores e da população, numa rádio local.



    

A frase disparada pela mulher, que é advogada, foi uma resposta ao questionamento do médico sobre a ordem de fechamento do almoxarifado do hospital, enquanto a unidade de saúde permanece aberta e atendendo à população. O médico argumentou que o almoxarifado deveria permanecer aberto, pois poderia precisar prescrever, por exemplo, leite para alguma criança que ficasse internada. 

Quando o assunto chegou à rádio da cidade, um apresentador telefonou para o presidente do Sinmed, Wellington Galvão, para repercutir o caso. O médico também procurou o sindicato para denunciar a agressão e pedir apoio.

O Sinmed considera que a tal senhora não tem equilíbrio e nem condições técnicas para conduzir uma Secretaria de Saúde. O presidente informou que a entidade fará uma representação contra a secretária junto ao Ministério Público Estadual, além de denunciá-la na OAB/AL por quebra de decoro e agressão ao médico.

SINMED-AL

Comentários