Quanto custa um médico ou quanto vale um Cubano?

Por: Juan González Febles.*


Fomos recentemente informados da detenção de um grupo de médicos por praticar medicina particular , ou seja por conta própria.

Os médicos cobraram e prestaram determinados serviços que são oferecidos aos estrangeiros e até mesmo colocaram a oferta mais acessível ,e muito mais barata , que não serviu como atenuante ante os severos fiscais e demais assalariados do aparato judicial Cubano que julgaram esses médicos .

Além disso, outro grupo de médicos divulgou uma carta aberta protestando contra o estado deplorável das instalações de saúde e à má qualidade dos serviços médicos em Cuba. Como corolário, mostraram as dificuldades que atravessam com salários que não são suficientes nem para comer decentemente .


Em Cuba, sob o manto do pretexto como é chamado o " turismo de saúde " , são realizadas operações complexas que variam de transplantes a lipoaspirações e, portanto, são cobradas aos estrangeiros que vêm para aproveitar essas pechinchas. Os especialistas altamente qualificados que realizam , de repente decidiram fazer por conta própria , a preços muito acessíveis em comparação com os estabelecidos nos países de seus pacientes e até mesmo pelo que é cobrado pelo governo cubano .


Neste contexto , o jornal da Namíbia publicou uma reportagem intitulada " Os médicos cubanos tornaram-se caros " . Essa reportagem ficou conhecida em Cuba através dos serviços noticiosos da Rádio e TV Martí. .O fato é que existe na Ilha uma Empresa Comercializadora de Serviços Médicos cubanos . Esta empresa vai cobrar a Namíbia no próximo ano $ 6,335 mensais por um especialista, $ 3,386 por um médico clínico geral , $ 3,104 por engenheiro de equipamentos médicos, $ 2,850 por enfermeiros por um técnico $ 2,590.


Atualmente, a empresa paga salários extremamente baixos a equipe de saúde . É um caso típico de trabalho escravo onde especialistas e técnicos cubanos são impiedosamente explorados pelo estado patrão que amamenta o governo militar que se encontra no poder da ilha ou por seus parceiros comerciais estrangeiros. 

A única coisa que está clara é que o internacionalismo alardeado e o desinteresse não tem nada a ver com a assistência médica prestada pelo regime militar ao coro clientelar anti-democrático de países e Estados fracassados ​​do Terceiro Mundo que se beneficiam desta assistência que é movida pela dor, sacrifício e pela insuportável miséria e sofrimento de todo o povo cubano.

De acordo com o Jornal The Namibian , o pessoal médico cubano recebe anualmente alojamento mobilado  do governo da Namíbia , $ 10,147 dólares para despesas de viagens internacionais e US $ 1,543 dólares para pagar excesso de bagagem quando viajam para Cuba de férias.

Sob o atual acordo , que expira em abril do próximo ano , o governo militar cubano cobra US $ 79.247 dolares por cada um dos 52 médicos cubanos que trabalham na Namíbia. Não fala o jornal The Namibian que o governo militar paga menos do que US $ 200 por mês para cada médico 

Então, é perfeitamente lógico que os médicos em Cuba tratem de melhorar suas condições de vida e se tornem independentes. Alguns irão para a prisão ou talvez não, mas , ainda assim, muitos vão se mostrar contritos e arrependidos por haver pretendido ter uma vida melhor diante de seus juízes e alguns outros vão confirmar a sua intenção de permanecer lutando sendo um "revolucionário" .

A carta foi assinada pelos médicos do serviço de cirurgia do Hospital Calixto Garcia , que não tem um porta-voz´- os médicos não se apresentaram como um grupo,e não fizeram qualquer ação de protesto , apenas demonstraram que são revolucionários . Esperam que os Ditadores do proletariado desde as suas humildes mansões de Miramar , Atabey , Siboney , etc . ,abram a mão e também compartilhem com o povo a sua filosofia de vida .


Entre os custos e os valores começam a surgir verdades e as perguntas são feitas. As dúvidas e o que poderia ser deduzido sobre a correspondência exata entre o valor de um médico ou o que vale um  cubano do povo . Mas, eventualmente, todos se misturam entre lágrimas e mea culpa , a vocação da fé revolucionária e sempre as contraditórias afirmações . Então , retorna  ao meu pensar como se fosse um eco o que disse e o que escreveu meu colega e amigo Luis Cino : . " ... Nesta sociedade , os canalhas são a regra e a maioria "

Do original:
¿Cuánto cuesta un médico o cuánto vale un cubano?
* Jornalista independente. Diretor do Primavera Digital . Ele vive em Lawton, em Havana, Cuba. Editor do 

Comentários