Brasil gastou 23 milhões de dólares com a importação de medicamentos Cubanos nos primeiros 4 meses de 2013

As exportações para a Venezuela foram de US $ 194 e 289 milhões em 2010 e 2011, respectivamente, enquanto o Brasil aumentou de US $ 59 milhões em 2010 para 72 milhões dólares no ano passado.



Cuba exportou para a Venezuela no ano passado, $362.800 milhões de dólares em produtos farmacêuticos, o valor mais elevado desde 2010 , de acordo com estatísticas da empresa Servicio de Búsqueda de Negocios do Comércio, que tem sede em Buenos Aires, Argentina.


As exportações para a Venezuela foram de US $ 194 e 289 milhões em 2010 e 2011, respectivamente, enquanto o Brasil aumentou de US $ 59 milhões em 2010 para 72 milhões dólares no ano passado.



As exportações de medicamentos cubanos a Venezuela , totalizaram $ 194.000.000 em 2010 e $ 289.700.000 em 2011 , segundo dados disponíveis no site Trade.Nosis.com 

O Brasil é o segundo destino de produtos farmacêuticos produzidos por laboratórios cubanos e suas compras a Cuba aumentaram de 59.600 milhões de dólares em 2010 para 72 milhões dólares americanos no ano passado.


Uma análise mais detalhada das exportações cubanas nesse ano reflete um fato surpreendente: Durante os primeiros quatro meses de 2013, Cuba não exportar produtos farmacêuticos a Venezuela , no entanto, durante o mesmo período 23 milhões em medicamentos foram vendidos para o Brasil.


A elevada soma do valor das exportações cubanas de produtos farmacêuticos , poderia explicar a ausência e escassez de medicamentos de produção nacional nas prateleiras de farmácias em todo o país .


Uma questão que permanece em aberto é a drástica mudança no destino das exportações de medicamentos cubanos que agora parece ser dirigido para o Brasil , deixando atrás a Venezuela.

Do original

Cuba gana millones por venta de fármacos a Venezuela y Brasil

Comentários