Experimentando o sistema castrocare em Cuba


Em dezembro de 2011

Algumas semanas atrás, estava em Cuba com a equipe da National Geographic Expeditions no documentário de Viagens : descubra sua cultura e povo ", um dos participantes caiu doente com um grave problema dentário.

Acompanhei -a até a Clínica Internacional Cienfuegos que atende unicamente estrangeiros - . Melhores cuidados de saúde em Cuba são reservados para turistas estrangeiros que pagam em moeda estrangeira. Um médico que fala Inglês nos viu imediatamente.

Abscesso foi identificado e recomendado para visitar a sala dental do Hospital Cienfuegos.Fomos em uma ambulância low-tech(baixa tecnologia) .

Cortinas rasgadas janelas quebradas no hospital foi o presságio do pior que está por vir : O anel preto (causada por um milhão de mãos sujas ) em torno da alça da porta da sala dental, sugeriu que não tinha sido limpo desde a revolução.

Abriram de imediato uma sala e sentamos em uma das doze estações . A primeira imagem me deixou sem fôlego. Eu não podia acreditar nos meus olhos . Instrumentos odontológicos estavam em uma bandeja que não tinha sido limpa a muito tempo . Literalmente, o meu melhor palpite é que fazia meses , se não anos ! Um estudo microscópico poderia ter revelado cada uma das bactérias conhecidas sob o sol. Na Europa ou na América do Norte , o hospital seria fechado imediatamente como um perigo para a saúde . Os viajantes olharam para mim com uma mistura de repulsa e quase em pânico .

Felizmente , a dentista não tinha necessidade de colocar um instrumento na boca. Em vez disso, ela olhou em sua boca e imediatamente confirmou o abscesso , e depois fez uma prescrição de antibióticos , o que a clínica internacional tinha em estoque.

No dia seguinte, enquanto caminhava pela principal rua comercial Cienfuegos (The Boulevard ), o grupo parou para examinar a farmácia local , que serve aos cubanos . Contei apenas um punhado de drogas ( todas produzidas localmente) para venda em prateleiras escassamente abastecida .

O que é um filme de contrastes ! ...

As carcaças eram as farmácias para cubanos . E para os estrangeiros - farmácias totalmente equipadas com medicamentos importados , o que me faz lembrar que o presidente Jimmy Carter ( ao vivo pela televisão cubana durante sua visita a Cuba , em janeiro de 2001) disse que Cuba poderia comprar todos os medicamentos de suas necessidades do México, Brasil, etc , a preços muito mais baixos do que os aplicados nos Estados Unidos .

O governo cubano falsamente diz que o embargo dos EUA é a culpa pela escassez de medicamentos básicos . Como, então, explicar as farmácias bem abastecidas que servem aos turistas , que os cubanos jamais chegam a ver ? É claro que essa decisão para não abastecer as farmácias cubanas foi política.

Por quê? Eu não consigo pensar em uma única razão plausível: É a grande política de demonização patológica de Fidel Castro do Tio Sam. Esperemos que as coisas possam mudar em breve sob o comando do seu irmão mais novo, Raul . ( Não mudou)

Entretanto, o mais preocupante , é a disparidade entre as pretensões de Cuba sobre a excelência de seu sistema de saúde e a revelação surpreendente que nem mesmo aplicam as normas básicas de higiene




Another visitor to Cuba experiences Castroscare
Jan. 27 - From an article in Moon Travel Guides (H/T) Capitol Hill Cubans:

Comentários