Programa Mais Professores ? : Mercosul apoia modelo Cubano para a alfabetização Bolivariana na região

Países do Mercado Comum do Sul (Mercosul) manifestaram apoio a um plano de alfabetização proposto para a região pela Venezuela , na XLV Assembleia de Ministros da Educação do países do bloco , que teve lugar sexta-feira em Caracas.

Yo, sí puedo ( "Sim, eu posso") é um método educacional para alfabetização de adultos desenvolvido pela educadora cubana Leonela Relys. O método foi concebido, com um caráter internacionalista, podendo ser usado em diferentes realidades sociais e linguísticas. 

O encontro foi organizado pela ministra venezuelana da Educação, Maryann Hanson, acompanhada por funcionários do Ministério do Ensino Superior, juntamente com representantes de outros países do bloco - Argentina , Brasil, Paraguai , Uruguai e três associados - Bolívia , Chile e Colômbia.

Hanson observou que a Venezuela considera necessário articular esforços conjuntos e comuns que permitam alfabetização das populações nos países da sub-região " , assumindo que todas estas nações já estão fazendo um esforço importantíssimo para incluir todas as crianças e adolescentes em seus sistemas de ensino . "


Ela explicou como foi evoluindo a cada ano, o processo de alfabetização na Venezuela , que em 2005 foi declarada pela Unesco um território livre de analfabetismo . Através da Missão Robinson foi alcançada a alfabetização de um milhão 767 mil e 598 pessoas. No país existem atualmente menos de 4% de analfabetos .

Ela expôs que há progresso moderado nos níveis de alfabetização na América Latina. Em 1990 , a taxa de alfabetização de adultos de 15 anos era de 86% e em 2008 atingiu 92%.


"Nós propomos estabelecer em países onde seja necessário como prioridade as políticas educativas dos governos a implementação de programas de alfabetização que atendam a diversidade sócio- cultural e as realidades econômicas de cada nação ", disse Hanson.


O respaldo pleno a está proposta produzem sinais que nos mostram que um país sem analfabetismo é uma nação cujos habitantes terão uma melhor qualidade de vida, mais oportunidades e mais empregos  .


Colômbia afirmou que têm sido feitos esforços para alfabetizar e ainda possuem uma taxa de analfabetismo de 5,8 , ou seja , mais de um milhão e 800 mil habitantes, que estão na sua maioria em áreas rurais remotas .


Na Bolívia, as organizações indígenas estão comprometidas com a tarefa de reconstruir a sua própria língua . Portanto, para esta nação o processo de alfabetização deve envolver não só o castelhano , mas em diferentes idiomas ,e por esse motivo é que está trabalhando o Vice-Ministério de Educação Alternativa e Especial Boliviano , através do método Sim,eu posso (Yo sí puedo) , com colaboração de Cuba.


Dessa maneira, no Estado Plurinacional serão fundados os institutos de cada língua e cultura por cada povo, que serão os responsáveis ​​pela padronização de cada idioma e com essa base começarão outro processo de alfabetização dentro da mesma linha discutida no Mercosul .


A ministra Hanson reafirmou que dentro da proposta de alfabetização para o Mercosul se faz ênfase no respeito à interculturalidade bilíngüe .

FONTE: SITE DO " PRESIDENTE " DA VENEZUELA NICOLÁS MADURO
Mercosur respalda propuesta de Venezuela para alfabetización en la región

Comentários