ALAGOAS : Sinmed vai questionar desconto do período da greve no 13º salário


Os médicos da rede estadual foram surpreendidos na semana passada com o desconto, no 13º salário, do valor referente ao período de greve. O Sinmed estranhou a medida, inédita, e vai questioná-la oficialmente junto ao governo na próxima semana. O pagamento dos dias parados foi um dos pontos discutidos no acordo que pôs fim à paralisação da categoria e se transformou num impasse.

Para não atrapalhar a negociação da incorporação da GPF a discussão sobre os dias parados foi suspensa e o Sinmed preparava-se para retomá-la, após o pagamento da folha suplementar de novembro. Agora, o desconto no 13º será incluído da pauta da audiência que será pedida ao secretário da Saúde, Jorge Villas-Bôas.

O presidente do Sinmed, Wellington Galvão, disse que o desconto no 13º é “absurdo e não faz nenhum sentido”. Ele também reclamou, na última sexta-feira, do não pagamento dos 47,18% aos aposentados, em folha suplementar do AL Previdência. “Disseram que sairia até hoje [sexta-feira, 20], mas já era para ter entrado na conta dos aposentados e até essa hora [meio-dia] não entrou”, disse.

Comentários