Havana :Cinco idosos morrem no Asilo Chung Wah por desnutrição e frio


29 de janeiro de 2014

Cinco idosos em um asilo estatal de Havana morreram na semana passada no período de 24 horas, e o administrador do abrigo disse que foram causas naturais, mas dissidentes dizem que foi a falta de alimentação e vestuário apropriado durante a frente fria. 



"Tudo indica que morreram por problemas no asilo, e não por enfermidades normais", disse Calixto R. Martinez, jornalista freelance de Havana, que foi o primeiro a escrever sobre as mortes em um a reportagem publicada por um site localizado em Miami chamado Cubanet. 

O sistema de saúde pública em Cuba, já foi considerado em um determinado momento um dos melhores da América Latina, mas tem decaído rapidamente desde o colapso da União Soviética que pôs um ponto final nos enormes subsídios que recebia Havana, estimado entre US $ 4.000 e US $ 6.000 milhões por ano. 

Pelo menos 20 ocupantes idosos do maior hospital psiquiátrico de Havana,(Mazorra) aparentemente desnutridos e privados de roupas quentes, morreram em 1 de Janeiro de 2010, quando as temperaturas caíram a quase 37 graus Fahrenheit( 2.7C)

Martinez disse que foi informado por Santamaria, diretor do lar de idosos Chung Wah, e pelos dissidentes Yoeldis Giménez e Yosvani Torres Zaldivar  que as cinco pessoas idosas morreram entre terça e quarta-feira 21 e 22 de janeiro . 

Santamaría inicialmente falou ao Herald em uma breve conversa que ninguém tinha morrido, e , em seguida, disse que tinha sido cinco mortes "naturais" , mas não podia dizer mais no telefone e convidou o jornalista a entrevistá-lo pessoalmente na casa dos idosos.


Na ocasião Martinez comenou que Santamaria havia dito que investigadores do governo indicaram que as mortes ocorreram " de causas naturais e não por aquilo que as pessoas estavam comentando ", acrescentando que um morreu no abrigo e os outros na terça-feira em hospitais .

O jornalista informou que os dissidentes confirmaram, que de acordo com funcionários do asilo , cinco morreram mesmo por causa da desnutrição e do frio. Havana na semana passada, apresentou temperaturas mínimas de 50 graus Fahrenheit(10C) no dia 21, e 59(15C)em 22 de janeiro .

Tanto os dissidentes como os funcionários do asilo disseram que agentes da Segurança do Estado e outros funcionários estatais estiveram no lugar na quarta-feira para investigar o caso ,falou Martinez em uma entrevista por telefone com o El Nuevo Herald.

" Se eles tivessem morrido em diferentes hospitais por condições normais não haveria razão para a presença da Segurança do Estado lá ", disse ele . Investigadores da Segurança do Estado, geralmente lidam em casos politicamente delicados .


O monopólio dos meios de comunicação em Cuba não reportou nada sobre as mortes de 2010, no hospital psiquiátrico até que o caso tornou-se conhecido no exterior , e até agora não publicou nada sobre as mortes de Chung Wah .O Asilo foi fundado pela comunidade chinesa e nacionalizado pelo governo Castro nos anos 1960.

Martinez, que em 2012 também deu a notícia do primeiro surto de cólera em Cuba em um século, escreveu em sua reportagem que os dois dissidentes comunicaram as mortes nesta quinta-feira ,por isso não teve tempo para confirmar alguns detalhes .

O diretor do Asilo de idosos,o Sr. Santamaria disse no domingo que ele e sua equipe davam o melhor cuidado possível aos seus pacientes , e que o governo forneceu-lhes todo o necessário para garantir o bem-estar dos mais velhos.

Mas uma outra reportagem que apareceu em Cubanet em dezembro de 2012 , do jornalista independente Reinaldo Cosano , descrevia a casa Chung Wah como um " armazém horrível " para 250 pacientes , onde os funcionários roubam comidas, roupas , cremes dentais e sabonetes que são destinados aos idosos .

Os banheiros fedia , os pacientes são banhados entre 5 e 6 horas da manã tanto no verão como no inverno e muitas vezes com água fria , pois o aquecedor foi danificado, segundo a reportagem .

Alguns pacientes sofriam de sarna , uma doença de pele que é mais freqüentemente vista em cães, e apenas dois enfermeiros tomavam conta de toda a instituição durante os fins de semana.

Traduzido pelo Blog Alagoas real
Se copiar ou criar link,é obrigatório citar a fonte
Do Original


Read more here: http://www.elnuevoherald.com/2014/01/28/1666806/denuncian-muerte-de-5-ancianos.html#storylink=cpy

Comentários