Agilidade Governamental ?! : Portaria do MS cancela o registro e desliga a cubana Ramona Rodriguez do Mais Médicos

Fica a pergunta: Tiveram a mesma presteza com os outros profissionais que abandonaram o Mais Médicos?

Sugiro a leitura do artigo de Jorge Hernández Fonseca do site Martinoticias.com,traduzido pelo blog: Médicos Cubanos no Brasil: a estrada de Cimarrón!




"Portaria do Ministério da Saúde publicada hoje (12) no Diário Oficial da União cancela o registro e desliga a cubana Ramona Rodriguez do Programa Mais Médicos. Com o cancelamento do registro, a cubana fica impedida de exercer medicina no Brasil até que revalide seu diploma.

Ramona trabalhava pelo Mais Médicos no município paraense de Pacajá, mas deixou o programa por não concordar que profissionais cubanos recebam US$ 400 (aproximadamente R$ 960) enquanto os demais participantes têm salário de R$ 10 mil.(Agência Brasil)"

Comentários