EUA : Relatório denuncia violação dos direitos humanos na Venezuela ,Cuba, Síria e Egito

John Kerry, o secretário de Estado dos EUA, denunciou uma "deriva autoritária" do governo da Venezuela, enquanto pediu "diálogo de todos os venezuelanos em um clima de respeito mútuo."

Na América Latina, Cuba, Venezuela e Equador são os três países destacados pelo Departamento de Estado como os mais problemáticos, o último deles, pela primeira vez nos últimos anos, enquanto Honduras, no relatório de 2012, entrou nessa "lista negra " e não é mencionado no ano em curso. 

Nicolas Maduro: De motorista de ônibus a um representante de Estado Violador dos Direitos Humanos na Venezuela


Embora o período de estudo não cubra os protestos das últimas duas semanas na Venezuela, Kerry a incluiu hoje na avaliação, lamentando que o governo do presidente da Venezuela, Nicolas Maduro tenha enfrentado "manifestantes pacíficos com justiceiros armados, aprisionando estudantes e limitando severamente as liberdades de expressão e de reunião. "

Presidente Obama

De acordo com EUA, o uso de gás sarin contra civis na Síria, a "violência extrajudicial" contra dissidentes em Cuba, a falta de independência judicial na Venezuela e assassinatos de manifestantes no Egito foram algumas das piores violações dos direitos humanos no mundo 2013.

Fazem parte da lista:Equador, China, Irã, Coréia do Norte, Rússia, Ucrânia, Afeganistão, República Centro Africano e do Sudão do Sul, entre outros.

O relatório identifica o progresso em matéria de direitos humanos em países como Líbia, Tunísia, Iêmen e Haiti, neste caso devido a aprovação de uma lei que proíbe a discriminação contra pessoas com deficiência.

Traduzido pelo Blog Alagoas real
Se copiar ou criar link,é obrigatório citar a fonte

Do original:

27 de fevereiro de 2014

Comentários