Mais Médicos:Demissões em Alagoas continuam


Médicos que atuavam nos municípios de Ibateguara e Barra de Santo Antônio são as mais recentes vítimas das demissões motivadas pela adesão ao programa federal Mais Médicos. As demissões foram informadas ao Sinmed na semana passada. Os profissionais já foram substituídos por médicos estrangeiros remunerados diretamente pelo Ministério da Saúde.

Desde o anúncio do Mais Médicos, prefeituras de todo o Brasil começaram a demitir médicos com o objetivo de economizar com o pagamento dos salários e se inscreveram no programa federal para receber os médicos enviados pelo MS, quase todos estrangeiros e a maioria deles cubanos.

A lei que instituiu o programa proíbe a demissão de médicos, deixando claro que o programa deve atender aos municípios que não conseguiam contratar esses profissionais. No entanto, os critérios de inscrição no programa nunca foram respeitados, assim como a proibição de demitir médicos que já atuavam nas localidades inscritas.

O Sinmed está juntando denúncias de demissões para formalizá-las junto ao Ministério Público Federal. Todas as demissões estão sendo checadas junto ao CNES para que o processo seja bem fundamentado, de modo que as prefeituras tenham que responder pelo afastamento desses profissionais.

Comentários