El Nuevo Herald:Cuba se prepara para o fim do Chavismo



Enquanto continua a violência política na Venezuela, alguns cubanos dizem que escutaram relatos de que Havana faz preparativos energéticos ou militares para possíveis problemas na sua estreita aliança com o país sul-americano.



A estagnada economia cubana é extremamente dependente de subsídios venezuelanos estimados em mais de $ 6,000 milhões por ano - mais do que a antiga União Soviética ,o valor que é fornecido para a ilha caribenha .

" Se algo acontecer na Venezuela , estamos ferrados no período especial ", disse Yadiel Ramirez, um professor de Havana. O fim dos subsídios soviéticos , em 1991, mergulhou Cuba numa crise brutal , quando a economia se contraiu em 33 por cento e levantou questões mais amplas da fome .

O ex- economista do governo cubano Jesus "Marzo" Fernandez disse que amigos próximos que trabalham em Cuba para a companhia estatal de petróleo da Venezuela, PDVSA , comentam que Havana está se preparando para uma cessação súbita das importações de petróleo venezuelano .

Os amigos disseram-lhe que todas as instalações de armazenamento na ilha , incluindo reservas militares ,do governo e estratégicas, estavam cheias até a borda em 4 de março , comentou Fernández . Caracas envia a Cuba cerca de 115.000 barris por dia, dois terços do seu consumo.

" Estão se preparando ? Não, eles já estão prontos ", agregou Fernandez , que mora em Miami . " Não vão ser surpreendidos. Eles trabalham com farol alto . "

Traduzido pelo Blog Alagoas real
Se copiar ou criar link,é obrigatório citar a fonte

Comentários