Nicolás Maduro assina acordos com Rússia e China


Maduro e Putin
05/03/2014

Enquanto a comunidade internacional condena o avanço militar de Moscou sobre a Ucrânia e da repressão contra os estudantes de Caracas , o presidente Nicolas Maduro disse que Vladimir Putin enviou " uma mensagem de confiança "

O governo da Venezuela conseguiu ajuda econômica e político da China e da Rússia para resistir a um suposto golpe de Estado que prepara a oposição em Caracas . Foi comunicado na terça-feira pelo presidente Nicolas Maduro , e o ministro do Petróleo, Rafael Ramirez , que visitou os dois países.

Depois de sua viagem a Moscou , Ramirez explicou em sua conta Twiter que teve uma reunião com o presidente Vladimir Putin, que " expressa seu maior apoio ao governo e ao povo " da Venezuela. Mais tarde, o presidente Nicolás Maduro usou a mesma rede social para confirmar que Putin enviou " uma mensagem de confiança para a Venezuela ", e assinou com Ramirez apoio financeiro . "

" A República Popular da China expressou total apoio ao governo bolivariano do presidente Maduro e a todo o povo venezuelano. Venceremos ", disse Ramirez, e contou que junto ao vice-presidente chinês Li Yuanchao , revisaram os projetos energéticos e acordaram novas operações de financiamento para projetos na Venezuela.

Venezuela considera a Rússia e a China "parceiros estratégicos" da sua política multilateral , fornecedores de armas e tecnologia e outros recursos para apoiar os seus planos nacionais de energia e desenvolvimento industrial.
"Nosso país tem uma forte presença no mundo e respeito pelas instituições , líderes e povos , ninguém pode com a pátria de Bolívar, "acrescentou Maduro .

O presidente russo deu uma conferência de imprensa na segunda-feira , em Moscou, na qual ele procurou justificar a escalada militar na Ucrânia após o levante pró-ocidental que derrubou Viktor Yanukovych , ex-presidente de tendência pró russa, que se refugiou em Moscou.

" O presidente em exercício não é legítimo. O presidente legítimo é Yanukovich . Existem apenas três maneiras de remover o presidente : a sua morte , a renúncia ou impeachment. Mas esse procedimento não foi seguido " , disse Putin.

Traduzido pelo Blog Alagoas real
Se copiar ou criar link,é obrigatório citar a fonte
Do original
Maduro firma acuerdos con Rusia y China

Comentários