Paraguai não se compromete com Elias Jaua e diz que "instabilidade deve ser tratada primeiramente por venezuelanos"

Eladio Loizaga cumprimenta seu colega Elias Jaua
Paraguai não se comprometeu com o chanceler venezuelano.Elias Jaua, fez uma visita fugaz ao Paraguai na segunda-feira, e pediu apoio para que o conflito na Venezuela seja discutido na Unasul e não na OEA.


O Governo paraguaio considera que a situação de instabilidade na Venezuela " deve ser tratada primeiramente por venezuelanos ", e que deve ser analisada ​​em organizações como a Organização dos Estados Americanos (OEA) , a Unasul , o Mercosul e a Comunidade de Estados Latino- americanos ( CELAC ), sem estabelecer qual deles primeiro .

De acordo com o chanceler Eladio Loizaga seu colega venezuelano veio para entregar uma nota do Governo da Venezuela, em que ele explica a situação que existe neste momento lá.

O ministro das Relações Exteriores , Eladio Loizaga negou que a visita surpresa do ministro das Relações Exteriores venezuelano Elias Jaua em nosso país tenha sido para pedir o apoio do Paraguai 

No site do Ministério do Poder Popular para Relações Exteriores da Venezuela pode ler informações sobre a visita de Jaua ao Paraguai , que diz no 4 º parágrafo : " O chanceler Bolivariano pediu apoio a Loizaga e o apoio do governo do Paraguai para que a situação venezuelana seja tratada no âmbito da União de Nações Sul-Americanas (Unasul ) e disse ser contra que este seja discutido pelos ministros das Relações Exteriores da Organização dos Estados Americanos (OEA ) " .

Traduzido pelo Blog Alagoas real
Se copiar ou criar link,é obrigatório citar a fonte

Do original:
Gobierno no sienta postura sobre el pedido de Venezuela de ir a Unasur


Poderá gostar de:


Carta enviada pelo General Antonio Rivero (02/03/2014) - Venezuela - (0 comments)
Maduro coloca na reserva 173 oficiais por medo de motins nas Forças Armadas (0 comments)
Venezuela :Filho do vice-reitor da UC é preso pelo SEBIN sem mandado Judicial (0 comments)
O Cubano Patriota - (0 comments)
Cartas Marcadas: Maduro não quer OEA mediando conflito e considera fórum legítimo os" companheiros" da UNASUL - (0 comments)
Aumento salarial de Cubanos do Mais Médicos é anunciado logo após Lula concluir visita a Cuba 

Comentários