Prefeito de Caracas diz que Raúl Castro é responsável pela ruína da Venezuela

O prefeito metropolitano de Caracas, Antonio Ledezma , publica uma carta que foi enviada ao presidente de Cuba, Raul Castro , onde denuncia o governo nacional da Venezuela e o governo cubano pelas decisões e ações que  tomam no país. " Sabemos que tem havido uma enorme transferência de divisas que vocês dizem que é para pagar bens e serviços caros( ...)  o governo e vocês são responsáveis pela ruína da Venezuela, pela corrupção desenfreada , e as contínuas violações dos direitos humanos. "

Antonio Ledezma





General. Raúl Castro Ruz


Presidente do Conselho de Estado Primeiro Secretário do Partido Comunista

República de Cuba


Todos os venezuelanos conhecem o papel tutelar que o governo de Cuba tem em relação ao regime venezuelano . É vergonhoso saber que as decisões fundamentais do nosso país sejam finalmente resultadas de considerações além de nossa soberania e que os interesses de Cuba estão em primeiros que os mais altos interesses da Venezuela. 

Sabemos que tem havido uma enorme transferência de divisas que vocês dizem que é para pagar bens e serviços caros. Sabemos que esta tem sido a forma que vocês conseguem se manter no poder e controlar com mão de ferro o sofrimento da população cubana , submetida a repressão e ao racionamento. Nós sabemos que vocês manejaram informações privilegiadas sobre a doença e morte do presidente Hugo Chávez e que esta circunstância foi traiçoeiramente aproveitada por vocês para impor um herdeiro inexplicável.

Vocês se comportam como donos do país e por isso denunciamos publicamente que são conjuntamente responsáveis diretos com a ruína da Venezuela, com a corrupção desenfreada , e as contínuas violações dos direitos humanos sofridas por cidadãos que só querem viver em liberdade e sonhar com oportunidades de prosperar com base no trabalho produtivo e não nas esmolas racionadas do modelo que você propõe.

Vocês são os mentores do governo da Venezuela, que não tem escrúpulos para reconhecer a dependência psicológica e política que mantém com o regime que preside . É por isso que exigimos , em nome do país que se pronuncie claramente sobre a liberdade de presos políticos , a observância dos direitos humanos e adesão à Constituição que o regime venezuelano deve exibir , se deseja fazer parte do conjunto dos países democráticos .

Estamos conscientes de que as lealdades mútuas entre seu governo e o regime venezuelano são suportadas pela transferência líquida de recursos e pela possibilidade de empobrecer ainda mais as receitas do petróleo do nosso país .

Então, em nome de todos os venezuelanos que querem viver em liberdade e democracia sem adjetivos , exigimos que deixe de interferir nas decisões que o Governo da Venezuela deve tomar sobre a libertação imediata dos presos políticos venezuelanos , como Leopoldo López e Iván Simonovis , e que exima os estudantes de qualquer processo judicial em curso e desarme os grupos paramilitares venezuelanos que apóiam e sustentam o governo .

Sem mais,um Venezuelano de pé e na luta, adeus.


Antonio Ledezma

Prefeito Metropolitano de Caracas.


Traduzido pelo Blog Alagoas real
Se copiar ou criar link,é obrigatório citar a fonte



Poderá gostar de:

Raúl Castro transfere Cubanos em Missão na Venezuela para suprir o Mais Médicos - (0 comments)
Senador Alvaro Dias:voto de repúdio ao Governo de Nicolas Maduro - (0 comments)
Brasil do PT Pró-Maduro,esvazia reunião na OEA - (0 comments)
Somos Todos Venezuela: sem liberdade de imprensa, não há democracia 

Comentários