Resposta do General Ángel Vivas a proposta da Ditadura Castro Comunista da Venezuela

Na sexta-feira, 7 de março, 2014 o General Ángel Vivas recebeu uma proposta da ditadura castro comunista venezuelana liderada por Nicolas Maduro Moros para que colocasse as suas condições, o que estaria desejando para acabar com o estado de crise que existe na Venezuela. O general Vivas respondeu, e disse quais seriam as duas condições


1), que a primeira é definir o direito e que deixe o cargo e 2) que expulse todos os cubanos da Venezuela. 
O general diz em suas palavras que esse é o único caminho para se ter o Direito e justiça.
As palavras do general Vivas refletidas aqui representam a resposta ao governo de Nicolas Maduro.


DISCURSO DEL GENERAL ANGEL VIVAS DESDE SU CASA QTA BLANQUIZAL PRADOS DEL ESTE CARACAS EL 13 DEMARZO DE 2014.


¡MUERA LA TIRANIA VIVA LA LIBERTAD!


VENEZOLANOS



El pasado domingo 23 de febrero, cuando el invasor cubano yel traidor que le sirve vinieron a buscarme para llevarme presoy luego asesinarme, por respeto profundo a la justicia, yo, Ángel Omar Vivas Perdomo, General del Ejército deVenezuela, el de antes, el forjador de libertades, decidí noentregarme a las bandas asesinas del castro comunismo queconforman actualmente la estructura del poder judicial enVenezuela y no permitirles penetrar en mi casa por la fuerzapara profanar mi hogar y humillar a mi familia, a mi esposa y amis hijas. 



Traduzido e editado pelo Blog Alagoas real
Se copiar ou criar link,é obrigatório citar a fonte
Do original

Comentários