Wall Street Journal: A raiz da desordem na Venezuela


Navio de guerra russo carregado com mísseis em Havana:  Voltou a Guerra Fria ?

Na quarta-feira, enquanto o homem forte da Venezuela, Nicolás Maduro prometia mais repressão para esmagar os incessantes protestos estudantis, o ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu disse aos jornalistas que Moscou pretende abrir bases militares na Venezuela, Nicarágua e Cuba . Poucos dias depois, um navio espião russo chegou no porto de Havana sem aviso prévio. 


Os protagonistas de costume da Guerra Fria estão de volta. 

Para ser mais preciso, eles nunca se foram. O ex-oficial da KGB Vladimir Putin está advertindo ao presidente Barack Obama de que a Rússia pode criar problemas ao continente Américano se os EUA insistir na solidariedade com o povo ucraniano. Enquanto isso, os envelhecidos marxistas latino-americanos estão se alinhando atrás de Maduro, sucessor do falecido Hugo Chávez.

Rússia e Cuba estão finalmente colhendo os benefícios da revolução que passaram anos semeando na América Latina. Qualquer chance de derrotá-los requer colocar os pontos reto sobre como a Venezuela tornou-se tão pobre.


Os políticos venezuelanos venderam o populismo de esquerda como  panacéia décadas antes de Chávez chegar ao poder em 1999. Cheio de demagogia os empresários  doutrinaram as massas com propaganda anti- corporativa. Desde os primeiros dias da revolução cubana , Castro foi um herói em universidades venezuelanas , onde a propaganda cubano -soviética floresceu . Para a década de 60 , as crianças foram catequizadas no coletivismo utópico.

A Lavagem cerebral se intensificou quando Chávez abriu a Venezuela aos proselitistas cubanos . Ao longo desse processo , aqueles com conexões políticas se tornaram ricos , incluindo os Chavistas. Hoje, no entanto , grande parte da população acredita que as empresas são enganosas e gananciosas. Esta é a razão pela qual será difícil escapar do laço do totalitarismo . A cultura da liberdade foi quase completamente aniquilada - mesmo que Maduro seja expulso do poder , essa cultura deve ser reconstruída a partir do zero .

As redes sociais tornam mais difícil colocar uma carinha feliz na tirania do que era na década de 80 . Naquela época, uma doutrina como a dos sandinistas podia ser apresentada por Cuba e Rússia para os americanos ingênuos como a salvação dos nicaraguenses pobres, enquanto o exército sandinista queimava as aldeias dos indígenas misquitos e prendiam os agricultores que vendiam as suas bananas , acusando a todos de especuladores 

Traduzido pelo Blog Alagoas real
Se copiar ou criar link,é obrigatório citar a fonte
Do original

Wall Street Journal: La raíz del desorden en Venezuela

Comentários