A febre do futebol pode ser uma dose de dengue



A Copa do Mundo FIFA terá lugar no Brasil, em junho e julho de 2014. Nesse torneio de futebol é esperado a venda  de mais de 3 milhões de ingressos e a chegada de mais de meio milhão de fãs internacionais. Mas os torcedores dos países em competição, além da preocupação com seus principais goleadores devem se preocupar com a dengue ,que pode ser um problema significativo em alguns dos locais dos torneios. A dengue é uma ameaça persistente para os brasileiros, já que acomete bilhões de pessoas ao longo dos trópicos. É muito menos familiar para os outros povos, como os europeus. Isto significa que a FIFA, as autoridades brasileiras e os patrocinadores da Copa do Mundo devem usar sua influência e experiência para comunicar o risco e quais as medidas de proteção que os fãs devem tomar.


 Uma coisa que já sabemos é que o risco da dengue estará perto de seu pico quando os jogos forem disputados em três das cidades-sede: Fortaleza, Natal e Salvador, todos no nordeste do país. Muito poderia ser feito pelas autoridades locais para reduzir o risco da dengue no período de preparação para o torneio.

Dengue é uma infecção viral que pode produzir febre e sintomas graves que podem requerer hospitalização . É transmitida ( entre) os seres humanos, por mosquitos urbanos adaptados (Aedes) que têm hábito diurno - portanto, um problema particular nas cidades. Para explorar esse risco, meus colegas e eu avaliamos os potenciais níveis de exposição através da análise de mapas de distribuição de dengue no Brasil e os registros de sua variação sazonal em locais-chave (detalhes completos, créditos e mapas estão no meu site em go.nature.com / 8g1io5 ).

Igual ao tempo, é impossível prever a situação exata em relação a dengue no Brasil em  2014. Podemos, no entanto, fazer suposições com base em registros de dengue nos anos anteriores. Para as áreas em torno dos nove estádios da Copa do Mundo, esses registros mostram que a temporada de dengue principal terá passado antes da Copa do Mundo que será realizada em junho e julho. Infelizmente, o risco permanece alto durante estes meses no nordeste.


As autoridades brasileiras devem implementar o controle de vetores  em abril e maio, particularmente em torno dos estádios do norte, para diminuir o número de mosquitos transmissores da dengue. Eles podem atingir os Aedes adultos através de nebulização (o uso de formulações de aerossóis de inseticidas que se dispersam de forma eficiente) e pode interromper a reprodução,e limpando locais onde os mosquitos depositam seus ovos - água coletada em lixo descartado, por exemplo. Embora os esforços de controle ainda não conseguiram conter a crescente incidência mundial de dengue e a expansão da sua considerável  gama endêmica, ainda que transitória, reduções nas populações de mosquitos já foram alcançadas em alguns lugares, incluindo Cingapura.


Não existem vacinas ou medicamentos contra a dengue, mas uma pessoa nunca irá  contrair dengue se não for picada por um mosquito infectado, em primeiro lugar. Então evitar picadas de mosquito é a melhor precaução. Selecione acomodações com janelas e portas teladas ,ar condicionado;usar inseticidas em ambientes fechados; usar roupas que cubram os braços e pernas, especialmente durante o início da manhã e final da tarde, quando a chance de ser picado é maior; e aplicar repelente de insetos nas roupas e pele exposta.

As manifestações de massa e movimento previsível de fãs  podem aumentar o risco de transmissão da dengue. Apoiadores podem inadvertidamente introduzir no Brasil novos genótipos de dengue .

Médias sazonais, por definição, não são sempre um guia preciso ao risco. Também será prudente  monitorar surtos de dengue no período que antecede e durante a Copa do Mundo. Isso pode ser feito usando recursos online, como DengueMap ( www.healthmap.org / dengue ) e Tendências da Dengue ( www.google.org / denguetrends ). DengueMap é uma colaboração entre os Centros dos EUA para Controle de Doenças, em Atlanta, Geórgia, e HealthMap, um monitoramento baseado em web automatizado de sistema de comunicação. Fundada por uma equipe do Hospital Infantil de Boston, em Massachusetts, HealthMap recolhe, organiza e mapeia relatórios formais e informais de surtos de dengue fornecendo um guia gratuito . Google Dengue Trends informa sobre o volume de pesquisas do Google para dengue em um determinado local.

A Copa do Mundo é uma oportunidade para avaliar a absorção destes novos sistemas de informação de saúde pública e sua utilidade, tanto para os indivíduos e as autoridades.Fundamentalmente, eles podem fornecer feedback em tempo útil sobre a eficácia de medidas preventivas para as autoridades em terra, que poderia levar ainda mais respostas eficazes.

Eu não quero  dissuadir qualquer pessoa de ir à Copa do Mundo, nem  destacar o Brasil, que é apenas um dos mais de 100 países em todo o mundo lutando contra dengue. Meu objetivo é informar aos espectadores incautos sobre o risco e como eles podem se proteger, e como o risco pode ser reduzido por medidas de controle nas cidades.



PS Vamos Inglaterra!

Traduzido e editado pelo Blog Alagoas real
Se copiar ou criar link,é obrigatório citar a fonte
Do original
Football fever could be a dose of dengue

http://www.nature.com/news/football-fever-could-be-a-dose-of-dengue-1.14248

Comentários