Ebola volta a matar em Serra Leoa


Responsável médico recolhe amostras de Ebola.[ Edward Echwalu/ Reuters ]

Os oficiais de saúde da Serra Leoa anunciaram que as vítimas do surto de Ebola no país duplicaram nesta última semana, passando de um total de seis para doze mortos, de acordo com o site All Africa. 

A informação foi dada por Sidi Yahya Tunis, diretor de Informação e Comunicação do Ministério de Saúde e Saneamento, segundo o qual duas das vítimas eram trabalhadores ligados à área da saúde no distrito de Kailahun, junto à fronteira com a Guiné, onde o surto de Ebola foi detectado no passado mês de Janeiro.

“Até o momento temos doze mortos entre 42 casos de Ebola confirmados depois de testarmos cerca de 113 pessoas”, disse Tunis, acrescentando que o epicentro do vírus está localizado no distrito de Kailahun.

Ainda segundo o porta-voz do ministério, que descreve a situação no país como uma emergência, o governo já recorreu a ajuda internacional, nomeadamente à Organização Mundial da Saúde.

Comentários