OPPENHEIMER: Dilma Rousseff na corda bamba




Em uma recente reunião com analistas econômicos e políticos importantes de toda a América Latina, fiquei surpreso com a previsão do economista brasileiro Paulo Rabello de Castro, que a presidente do Brasil, Dilma Rousseff, não vai ganhar as eleições de outubro.




Quando eu ouvi dizer isso, eu sorri e disse-lhe que, se Dilma perder a reeleição ele vai tornar-se o mais famoso profeta da política brasileira, porque praticamente todas as pesquisas concordam que Rousseff será reeleita, provavelmente em um segundo turno marcado para 26 de outubro.

Mas quando eu li um artigo intitulado "O descontentamento no Brasil antes da Copa do Mundo", publicado na semana passada pela Pew Research Center, eu me perguntei se eu deveria levar mais a sério a previsão Rabello de Castro

A pesquisa conclui que "o clima nacional no Brasil é sombrio", depois de um ano em que mais de um milhão de pessoas foram às ruas em todo o país para protestar contra a corrupção, a inflação e os gastos do governo em grande obras públicas para o mundial, muitos das quais permanecem inacabadas.



Muitos manifestantes dizem que o Brasil deveria ter gasto mais em educação de qualidade, saúde e transporte público, e menos no futebol. Os resultados da pesquisa são:

• 72% dos brasileiros estão insatisfeitos com o curso dos acontecimentos em seu país, em comparação com 55%, pouco antes das manifestações que foram iniciadas contra a Copa do Mundo em junho de 2013, e para 49% em 2010 .
• 67% dos brasileiros dizem que a economia não está bem, em comparação com 41% no ano passado e 36% em 2010.


• 61% dos brasileiros disseram que sediar a Copa do Mundo é uma coisa ruim, porque tira dinheiro para escolas, serviços de saúde e outros serviços públicos. Apenas 34% acham que a Copa do Mundo vai ajudar a melhorar a economia.




• 52% dos brasileiros disseram que Dilma está exercendo uma má influência sobre os assuntos do país, enquanto 48% pensam que a sua influência é boa.



A única boa notícia da pesquisa para Dilma Rousseff é que apesar de tudo, 51% dos brasileiros disseram ter uma opinião favorável a Rousseff, enquanto apenas 27% disseram o mesmo do candidato da Social Democracia Brasileira (PSDB), Aécio Neves, e 24% se sentiam da mesma forma sobre o candidato do Partido Socialista Brasileiro (PSB), Eduardo Campos.



Depois de ler a pesquisa, chamei Rabello de Castro, o economista que está prevendo a derrota de Dilma Rousseff, e perguntei se manterá sua previsão se o Brasil ganhar a Copa do Mundo. Ele me disse que sim.
"Se o Brasil ganhar, será um empate para Dilma. Isso não vai influenciar o voto ", disse ele. "A maioria dos brasileiros está mostrando uma grande maturidade, e não vai mudar de idéia pelo fato de o Brasil fazer um gol."



Ele acrescentou: "Se o Brasil não ganhar, isso será acrescentado ao mau humor predominante, e fortalecerá a ideia de que nós gastamos bilhões de dólares para nada. As pessoas vão estar ainda mais furiosas. "

O Brasil é o único país que isentou a Fifa, a federação organizadora do mundial, de pagar impostos por suas operações e lucros, algo que fará deste torneio um negócio "indecentemente rentável" para os organizadores, disse Rabello de Castro.



Há relatos diários de corrupção e custos excessivos, como no caso do estádio Garrincha, em Brasília, cujo orçamento triplicou para US $ 900 milhões em parte porque uma auditoria descobriu "superfaturamentos" pagos por material de construção, acrescentou.
Minha opinião: As coisas não estão muito bem para Rousseff, que não aproveitou os anos de vacas gordas, quando o boom nos preços das matérias primas ajudou o Brasil a crescer 5% ao ano durante a última década para tornar a economia mais competitiva. Este ano, o Brasil deverá crescer 1,8 por cento.



Mas não penso que Rousseff seja derrotada no segundo turno.Os benefícios sociais do programa "Bolsa Família" atingem cerca de 15 milhões de famílias,que certamente vão votar nela, e o Partido dos Trabalhadores vai ter o dobro do tempo na televisão e rádio em relação aos outros opositores.

O que me faz pensar e duvidar um pouco sobre a sua vitória são as últimas pesquisas, e a possibilidade do Brasil não ganhar o mundial e os brasileiros começarem a perguntar onde foi parar seu dinheiro.Ou seja , eu ainda acho que Russeff ganhará, mas não me atrevo a apostar o que verdadeiramente vai acontecer.


Traduzido e editado pelo Blog Alagoas real
Se copiar ou criar link,é obrigatório citar a fonte
Do original
OPPENHEIMER: Dilma Rousseff en la cuerda floja

Comentários