The spanish flu in Bahia de Todos os Santos: among the rites of science and faith



A gripe espanhola na Bahia de Todos os Santos: entre os ritos da ciência e os da fé / The spanish flu in Bahia de Todos os Santos: among the rites of science and faith



Resumo

Esse artigo tem como objetivo analisar as respostas da população à epidemia de gripe que afetou Salvador, capital do estado da Bahia, Brasil, em princípios de setembro de 1918. Dentro dessa perspectiva, pretendemos discutir as medidas adotadas pelas autoridades sanitárias, as ações defensivas das pessoas comuns e as práticas fundamentadas na religião, para enfrentar uma enfermidade até então considerada benigna e sazonal, que irrompeu com virulência surpreendente, em uma época inusitada do ano. Para tanto, utilizamos como fonte privilegiada os periódicos em circulação em Salvador no período da erupção da doença.

Comentários