Cubanos são investigados por suposto furto de produtos Médico-Hospitalares

Médicos cubanos enfrentam acusações de furto

O Ministério da Saúde da Namíbia, abriu uma investigação sobre o suposto roubo de suprimentos médicos em hospitais de Windhoek, pelo pessoal  cubano que trabalha no país. 


O porta-voz da polícia, Edwin Kanguatjivi confirmou a abertura do caso, mas "não pela polícia, mas, provavelmente, pelo Ministério da Saúde", informou o diário local da Namíbia. 

Enquanto isso, outro funcionário regional, admitiu que as autoridades estavam  investigando cinco funcionários em conexão com o caso, mas não poderia dar mais detalhes. 

A polícia invadiu as casas ocupadas por médicos cubanos em Windhoek, no mês passado, onde  descobriu os suprimentos médicos supostamente roubados, incluindo seringas, agulhas e bandagens. 


A operação foi realizada após uma denúncia contra os médicos que tratavam um angolano supostamente usando suprimentos médicos roubados em hospitais estaduais.


Ninguém foi preso até o momento, embora a polícia tenha levado o material para investigação.

Fakri Rodríguez Pinelo diplomata da Embaixada de Cuba em Windhoek, disse ao jornal da Namíbia que estava ciente do caso, mas vai aguardar o resultado das investigações antes de comentar.

Traduzido e editado pelo Blog Alagoas real
Se copiar ou criar link,é obrigatório citar o blog Alagoas Real e a fonte do artigo original 

Cuban doctors face theft charges
Tuyeimo Haidula

Comentários