Cuba : Mais de mil pacientes com dengue alojados na universidade de Camagüey

A situação da dengue e seu aliado fatal a cólera é extremamente preocupante por causa do aumento da insalubridade local associada a péssima qualidade de vida dos Cubanos. 


Na Universidade de Ciências Médicas "Carlos J. Finlay" na província de Camagüey  mais de mil pessoas estão alojadas com dengue hemorrágica, no que tem sido chamado de "depósito temporário" de pacientes colocados em salas de aula e albergues nesta instituição de educação. 

De acordo com uma fonte anônima, no dia de ontem (24 de julho) o número de pacientes neste recinto ultrapassava mil pessoas. 


Além disso existe um  crescente descontentamento de familiares e amigos que frequentam a Universidade de Medicina para visitar os seus entes queridos, quando os responsáveis ​​pelo setor informam que somente é permitido a entrada de água e refrigerantes comprados em lojas que vendem seus produtos em divisas ( moeda nacional equivalente ao dólar). 


A situação da dengue e seu aliado fatal, a cólera é extremamente preocupante por causa do aumento da insalubridade, acoplada a péssima qualidade de vida. 

Bairros como Saratoga ficaram mais de 72 horas sem receber o abastecimento de água potável, de modo que seus habitantes tinham de obter o precioso líquido a partir de poços contaminados com fezes.


Traduzido e editado pelo Blog Alagoas real
Se copiar ou criar link,é obrigatório citar o Blog Alagoas Real e a fonte
Do artigo original 

Más de un millar de enfermos con dengue albergados en universidad de Camagüey

Comentários