Hugo Carvajal : O General chavista, narcotraficante e torturador do governo de Nicolás Maduro

Carvajal serviu como chefe da Direção Geral de Inteligência Militar (DGIM).
(Foto:El Nacional)
O General Hugo Carvajal, que foi preso em Aruba, após uma operação do DEA e outras agências federais, também é acusado de ordenar a tortura física e psicológica contra presos políticos, denunciou a Organização Venezuela Awareness Foundation .






Conforme o Diario Las Américas, alguns dos casos de tortura foram relatados na Comissão Internacional de Direitos Humanos, em Washington. A ativista Patricia Andrade, diretora da Venezuela Awareness Foundation, informou que o tenente José Humberto Quintero Aguilar, quem está privado de sua liberdade desde 12 de janeiro de 2005, foi um dos presos políticos torturados por ordens Carvajal. Quintero Aguilar foi acusado de "traidor" da pátria. 


O mesmo jornal acrescenta que o militar foi atingido várias vezes depois de ser amarrado a uma cadeira com as mãos para trás. Eles também colocaram um saco plástico sobre a cabeça para causar asfixia mecânica e foi espancado com golpes no estômago. Estes ataques provocaram lesões nas costas e no peito, de acordo com o relatório médico apresentado ao Comitê. 
A Desorientação de tempo e espaço foi outra das técnicas aprovadas pelo "ex- homem forte da inteligência chavista." Os documentos da Venezuela Awareness Foundation mostram que os presos políticos eram despojados de seus relógios, e trocavam o horário do fornecimento de comida," tudo para tornar os detentos vulneráveis e forjar seus testemunhos."

Traduzido e editado pelo Blog Alagoas real
Se copiar ou criar link,é obrigatório citar o Blog Alagoas Real e a fonte
Do artigo original 

El general Hugo Carvajal ordenó torturar presos políticos en Venezuela


Comentários