Mais Médicos : 35 cubanos abandonaram o programa brasileiro



Até o momento, 35 médicos cubanos que vieram através da Organização Pan-Americana da Saúde deixaram o programa, o que representa 0,3% de todos os profissionais .

Outras deserções foram registradas entre médicos de outras nacionalidades que representam 1% desse grupo. 

O saldo final de deserções de médicos cubanos foi oferecido em junho pelo ministro da Saúde do Brasil Arthur Chioro, que disse que dos cerca de 11 mil, apenas 14 desistiram do programa.

Naquela ocasião Chioro disse no Portal Brasil que os médicos cubanos ocupam as áreas que os médicos brasileiros e outros não querem.

Comentários