Aécio Neves,o Terremoto Brasileiro - por Martí Notícias


Se Neves ganhar a eleição, sua vitória seria um péssimo sinal  para os países do chamado Socialismo do Século XXI e um aviso claro de que a tendência ideológica neo-populista estridente que já arruinou a Venezuela está esgotada


Aécio Neves, economista, como a presidente, mas uma geração mais jovem e muito mais carismático pode derrotar Dilma Rousseff em 26 de Outubro . Pelo menos duas pesquisas (Instituto Veritá e Instituto Paraná de Pesquisas) dão quase 10 pontos à frente ao candidato do Partido da Social Democracia Brasileira. 

Aécio Neves, economista

Eles serão menos. Esta diferença pode ser substancialmente reduzida, ou mesmo desaparecer, na medida em que se intensifiquem os ataques do Partido dos Trabalhadores , com Lula da Silva à frente de um pelotão fuzileiros. Neves hoje goza da vantagem de quatro dias de glória publicitária positiva após os surpreendentes resultados do primeiro turno, e assim tem que se defender e atacar, para poder prevalecer no dia da eleição. 




Por que a popularidade de Dilma caiu? Por uma combinação de três fatores: 


· A economia. O país entra em recessão. O sistema de produção não está crescendo e as exportações diminuem devido ao resfriamento da economia chinesa. Era tudo uma miragem. O Brasil não estava fazendo bem o seu trabalho. Eram os chineses. Foi só a China reduzir um ou dois pontos do seu crescimento para estagnar o Brasil. Com apenas US $ 12,100 dólares de PIB anual per capita, o país criava menos riqueza por habitante que seis outras nações latino-americanas, incluindo os vizinhos Argentina, Uruguai e Chile. É verdade que, em volume, é a oitava maior economia 8, mas o seu per capita é de 105, e seu crescimento 137. A produtividade brasileira é de 50% do México e 18% dos EUA. Uma confusão devido ao protecionismo e a enorme burocracia. O país ocupa o 100 º no Índice de Liberdade Econômica, entre Gabão e Benin, dois países africanos atrasados. Não admira os maus resultados. 


A Corrupção. A percepção geral é de que os governos do Partido dos Trabalhadores tem sido os mais corruptos da história recente do Brasil. Quando Lula começou, de acordo com a Transparência Internacional, o país estava 69 lugar do mundo. Na medição mais recente caiu para 72 O mais recente escândalo envolve a (ex-) prestigiosa Petrobras. A empresa é outro esgoto. De acordo com revelações de Paulo Roberto Costa, a Petrobras entregava ao PT 3% de todos os contratos. Isso é uma enorme quantidade de dinheiro. O conflito é maior que o Mensalão, que abalou o governo Lula, e culminou com a condenação de uma dúzia de funcionários do governo, incluindo a sua mão direita, José Dirceu, Ministro da Presidência, o homem formado pelos serviços de inteligência de Cuba. 


O Terceiro Mundo. Os brasileiros, não obstante, a disparidade entre a região sul desenvolvida e o nordeste pobre , a Belíndia -combinação de Bélgica e Índia, que descreveu o economista Edmar Lisboa. O Brasil foi o único país latino-americano que participou da Primeira Guerra Mundial frente alemã e austríacaos, embora modestamente. Na segunda, no entanto, enviou 30.000 homens para lutar ao lado dos Estados Unidos para a conquista da Itália. Muitos brasileiros não gostam da estreita relação do PT com o Irã, Rússia, Cuba e o Chavismo, bem como o patrocínio do Foro de São Paulo, uma espécie de Internacional radical, anti-ocidental,anti-mercado e anti-americano. Eles não entendem muito bem por que ficar entrincheirados no Mercosul e no BRICS, quando o país se sairia muito melhor traçando alianças abertas com o Primeiro Mundo.

· Mas há mais no cenário internacional: Se Neves ganhar a eleição, sua vitória seria um péssimo sinal para os países do chamado Socialismo do Século XXI e um aviso claro de que a tendência ideológica neo-populista estridente que já arruinou a Venezuela está esgotada. 

Provavelmente, por exemplo,iria influenciar as eleições no Uruguai,impulsionando a candidatura de Luis Lacalle Pou , jovem e enérgico político de centro-direita,frente a Tabaré Vázquez, um ex-presidente de 74 anos que lidera a fórmula da Frente Amplio, onde militantes comunistas e tupamaros ,de caráter desgastado muito menos atraente para a nova geração de eleitores uruguaios determinado a buscar uma mudança. 

A onda também chegaria à Argentina nas eleições do próximo ano e ajudaria a varrer o kirchnerismo, assim como a Bolívia, onde Evo Morales perderia um aliado que não se importava que a cocaína de seu país chegasse de toneladas ao Brasil. 

Será um verdadeiro terremoto. Mas antes Aécio Neves tem que ganhar.


Traduzido e editado pelo Blog Alagoas real
Se copiar ou criar link,é obrigatório citar o Blog Alagoas Real e a fonte
Do artigo original 

El terremoto brasilero

Comentários