Medicina Cubana sem controle de qualidade na linha de produção Castrista


Cuba forma hoje em um ano mais médicos do que possuía em 1959

A exportação de profissionais especialmente da área médica,gera um ingresso a Cuba de uma receita de 6.000 milhões de dólares por ano,

Desde os tempos antigos a profissão médica é uma fraternidade onde todos os membros se comportam como irmãos. Em Cuba não é assim. Possivelmente, foi o resultado da política de saúde levada a cabo pelo governo totalitário que impera na ilha há mais de meio século.

Os profissionais de saúde continuam a enfrentar enormes dificuldades e traumas em seu trabalho diário, com a esperança de sair da ilha(Missões Médicas) para um lugar onde o seu trabalho seja melhor valorizado e remunerado, enquanto os pacientes cubanos que ficam na ilha recebem a pior parte desse sistema que parece ser a coisa gratuita mais cara da história....



Médicos cubanos,bens exportáveis no mundo dos negócios ...






Médicos cubanos: o novo milagre dos peixes e dos ... - Alagoas Real







Cuba não tem Conselhos de Medicina e juramento hipocrático é lealdade a ditadura


Comentários