Site Avaaz é suspeito de "segurar" abaixo-assinado pelo impeachment de Dilma

Avaaz BR,controlado por petista ,será denunciado à matriz nos EUA por‘segurar’ abaixo-assinado do impeachment de Dilma
 Impeachment de Dilma - Avaaz BR
Petição :Impeachment da Presidente Dilma


"O site de abaixo-assinados Avaaz manteve “congelada” durante toda esta terça-feira (28) a petição que pede o impeachment da presidenta Dilma Rousseff (PT), em razão dos desacertos do seu governos e os inúmeros casos de corrupção. O Avaaz divulgou nota em seu site atribuindo o “congelamento” das adesões ao impechment à “grande quantidade de tráfego”, mas outras petições no site continuam funcionando normalmente, mesmo com grande número de adesões.

Internautas indignados com o que chamam de “manipulação”, decidiram denunciar a gestão brasileira à sede na ONG, em Nova York, Estados Unidos. O Avaaz no Brasil é comandado pelo militante petista Pedro Abramovay, um advogado que foi casado com uma filha do ex-ministro da Justiça e criminalista. Feito assessor no Ministério da Justiça no governo Lula, no governo Dilma Abramovay foi nomeado secretário nacional Antidrogas, mas escandalizou até mesmo sua chefe ao defender redução pena para traficantes, por meio de uma intrigante “descriminalização de pequenos traficantes”. Acabou demitido." 

Fonte: Coluna Cláudio Humberto Leia mais

Comentários

Avaaz disse…
A Avaaz é um movimento cívico com mais de 39 milhões de membros em todo o mundo, incluindo 7.5 milhões de membros no Brasil. Em 2013, um membro da Avaaz criou uma petição em nossa plataforma Petições da Comunidade pedindo o impeachment da presidente reeleita Dilma Rousseff. E, nos últimos dias, essa petição se tornou bastante popular.

Em outras palavras, essa não é uma petição oficial da organização. Ela foi criada por um membro brasileiro da Avaaz usando o site Petições da Comunidade. Nessa plataforma aberta, qualquer pessoa pode criar petições sobre temas de seu interesse.

Há muita polêmica em torno dessa petição. Sempre que há discordância entre os membros como neste caso, perguntamos a um grupo representativo da comunidade da Avaaz – como se fosse um júri – se a petição deve ficar no site ou se deve ser retirada do ar. Neste caso, uma maioria dos membros não apoia o pedido dessa petição, porém acredita que ela não deve ser removida do site. Essa decisão condiz com o histórico de nossa comunidade em apoiar a discussão de temas controversos e dar espaço para o debate deliberativo.

Sob um aspecto técnico, devido ao grande volume de tráfego em uma única página, a petição foi movida para um novo servidor pertencente e operado pela Avaaz para que pudesse permanecer online. Como resultado disso, algumas funções normais da petição, como o contador de assinaturas, não funcionaram normalmente e a atualização do contador era realizada de forma manual. A situação já foi normalizada. Não são verdadeiros os rumores de que estamos manipulando as assinaturas. Nossa orgulhosa missão enquanto organização civil é apoiar o fortalecimento da transparência e da democracia ao redor do mundo.