Os inimigos internos da Revolução ?

Já faz um bom tempo que Diosdado Cabello tem se encarregado de enfatizar o fato de que "muitas pessoas dentro do partido querem prejudicar a revolução ." E isso aprofundou não só as abordagens críticas dos líderes importantes da corrente interna do PSUV chamada de Marea Socialista , após o assassinato do deputado Robert Serra e dos enfrentamentos de funcionários do CICPC e membros proeminentes do grupo armado 05 de março que deixaram cinco pessoas mortas, incluindo entre elas seu principal porta-voz, José Odreman, que minutos antes responsabilizou o então Ministro da Justiça e da Paz, o general Miguel Rodriguez Torres, por qualquer coisa que viesse contra sua pessoa. O resto da história e seu resultado já é bem conhecido por todos.
 os inimigos internos da revolução


Além do que foi acima exposto, Cabello tem insistido no sentido de que "a revolução é feita com revolucionários" para depois acrescentar: "Pode ser que alguém seja muito bom ... mas se for escuálido(fraco,magro,atrofiado ou subdesenvolvido) não vai servir, não vai ajudar, porque seus interesses são outros ". Tudo isso na véspera de um processo eleitoral interno para eleger os chefes de unidades de batalha Bolivar-Chávez (UBCH) e chefes de patrulhas que as integram .




Ele também enfatizou a necessidade de "proteger-se internamente", porque "muitas pessoas dentro do próprio partido querem tirar proveito e ferir a revolução." Agora bem, a quem Cabello se refere quando fala de inimigos internos da "revolução", como salientou em declarações à imprensa nacional que não pode existir "escuálidos" no comando de empresas públicas? É dizer, que depois de 15 anos de ter manejado o poder conforme seu conhecimento e crença e depois da degollina(suspensão,retirada do comando,corte etc) que ocorreu na PDVSA e outros organismos públicos permanecem miseráveis as empresas estatais? Isso não posso acreditar que alguém, diga isso , como falam por aí,nem seu advogado.


A verdade é que a situação interna do PSUV está marcada por lutas internas, que embora seus principais capitostes(Pessoas com influência, controle e poder) queiram colocar na surdina, isso vai ser muito difícil. Na vida do presidente falecido, o PSUV foi uma caixa-preta impenetrável da qual nada veio à luz pública. Agora com Maduro, a situação é diferente e as rachaduras estão por toda parte.


Não é apenas a Marea(Maré,onda) Socialista , mas até mesmo os grupos armados como os coletivos 05 de março e Escudo da Revolução, ousaram, através de sua conta no Twitter -parece que depois, foi fechada, não sabemos por quem, deram um ultimato a Cabello (Flamante presidente da Assembleia Nacional e vice-presidente do partido no poder) para colocar o cargo a disposição antes de 31 de outubro, com ameaças severas.


Pois bem, passou a data fatídica,e como era de se esperar, nada aconteceu. Palhaçadas, Bravatas daqueles que se sentem bonitos e apoiados? quem apoia essas pessoas a entrar em tais profundidades? Mas a verdade é que a procissão vai por dentro do partido e a cada dia torna-se mais difícil de esconder ... Diosdado enviou uma mensagem a Garcia? Quem enviou,ou ele enviou a quem? Mas de qualquer forma, ainda há muita água para passar debaixo da ponte ...


Editado e traduzido pelo Blog Alagoas Real.
Se copiar é obrigatório citar a fonte original,e o Blog Alagoas Real,com seus links anexos!

¿Los enemigos internos de la revolución?

Comentários