REUNIÃO COM SECRETÁRIO DE GOVERNO ABRE CANAL DE NEGOCIAÇÃO EM MACEIÓ




Recém-empossado no cargo, o novo secretário de Governo de Rui Palmeira, o ex-procurador-geral do município Ricardo Wanderley, recebeu representantes do SINMED e um grupo de médicos da rede municipal de saúde, abrindo o diálogo com a categoria. Ele ouviu as queixas e recebeu o relatório sobre a falta de condições de trabalho nos postos. O Sindicato se comprometeu a não encaminhar o documento a nenhum outro órgão ou instituição, enquanto o secretário disse que repassaria o teor da reunião ao prefeito e depois anunciaria providências.

Além da falta de condições de trabalho, os médicos reclamaram do corte da folha SUS, desde o mês de setembro. Os médicos recebem a verba há mais de 18 anos, tendo direito adquirido. Segundo o secretário, o corte se deu pelo fato de muitos servidores estarem recebendo a verba, que deve ser paga apenas aos profissionais que atuam nas equipes de saúde da família. 

Ricardo Wanderley orientou o SINMED a ingressar com um pedido de reconsideração de despacho sobre suspensão de verba do SUS diretamente na Procuradoria-Geral do Município. O Sindicato já protocolou o pedido na Secretaria Municipal de Saúde para ser encaminhado à PGM, mas, mesmo assim, fará o que o secretário de Governo orientou, tão logo seja marcada uma audiência com o novo procurador-geral do município.



Quanto à decisão de segurar o relatório sobre as condições de funcionamento da rede municipal de saúde, enquanto aguarda uma resposta do prefeito, a direção do SINMED justificou que essa é uma forma de demonstrar que a classe médica deseja melhorias e pode ajudar a Prefeitura a identificar o que está errado no setor. É uma contribuição e uma forma de o SINMED se aliar à Prefeitura na busca de soluções para a melhoria das condições de trabalho e de atendimento.

Comentários