DEA : Cartel de los Soles,conexão Cubana e o narcotráfico na América Latina



Oficial de confiança de cabelo chega aos EUA protegido para fornecer provas contra o Cartel de los Soles

Salazar, na terceira fila (após Diosdado Cabello e Hugo Chavez), no dia da Independência da Venezuela de 2012
Salazar, na terceira fila (após Diosdado Cabello e Hugo Chavez), no dia da Independência da Venezuela de 2012


A preparação de uma acusação formal contra Diosdado Cabello, presidente da Assembleia Nacional da Venezuela e número dois do chavismo, se acelerou na procuradoria federal dos EUA com a chegada, ontem, em Washington, como testemunha protegida,de Leamsy Salazar, que até sua saída de Caracas em dezembro era o chefe de segurança de Cabello.


Salazar durante dez anos foi chefe de segurança e assistente pessoal de Hugo Chávez


Em relação a vinculação com Havana, Salazar teria mencionado o uso regular de aeronaves da PDVSA para transportar drogas em voos preparados pelo filho de Chávez e o filho de um ex-embaixador de Cuba em Caracas até 2009, German Sanchez Otero, com a conivência deste e de outros funcionários cubanos. A destinação final era para os EUA



Cartel de los Soles




De acordo com fontes próximas à investigação aberta pela Procuradoria Federal do Distrito Sul de Nova York, Salazar afirma que o Presidente da Assembleia Nacional é o líder do Cartel de Los Soles, e portanto, operador do narcoestado que Chávez converteu a Venezuela. Salazar também vincula Cuba na proteção e assistência de algumas rotas da droga que partem da Venezuela com destino aos EUA


O cartel de los Soles é composto basicamente por militares (seu nome vem do emblema que o uniforme venezuelano coloca nas dragonas dos generais) que na Venezuela tem o monopólio do tráfico de drogas. Esta é produzida pela FARC (guerrilha colombiana) e levada a seus destinos nos EUA e Europa basicamente pelos cartéis mexicanos. As cifras internacionais recentes indicam que passam pela Venezuela cinco toneladas semanais de entorpecentes- 90 por cento da droga produzida por Colômbia passa através da Venezuela.

Tareck el Aissami

Em suas revelações, o comandante da Casa Militar também envolve Tareck el Aissami, governador do estado de Aragua bem relacionado com as redes islâmicas, e José David Cabello, superintendente do Seniat (agência fiscal e aduaneira) e ministro da Indústria, que é irmão de Presidente da Assembleia Nacional. José David Cabello seria responsável pelas finanças do cartel de los Soles . Salazar diz que  a lavagem de capitais era feito através da companhia nacional de petróleo, a PDVSA, cujo presidente, entre 2004 e 2014, foi Rafael Ramirez, nomeado em dezembro  embaixador para o Conselho de Segurança da ONU.

Editado e traduzido pelo Blog Alagoas Real.
Se copiar é obrigatório citar a fonte original,e o Blog Alagoas Real,com seus links anexos!

Comentários