SINMED pode levar Coqueiro Seco à Justiça



SINMED pode levar Coqueiro Seco à Justiça 

A única médica concursada do PSF de Coqueiro Seco ganha um salário-base de R$ 800,00. Mas sua remuneração final, com a gratificação do Ministério da Saúde e complementação salarial do município está dentro da média do PSF em Alagoas. Mas quando se trata de 13º Salário, a Prefeitura ignora a lei e paga pela gratificação natalina apenas o salário-base.

Outras prefeituras que pagam salários-base irrisórios aos médicos (porém nenhuma com salário tão vil quanto o de Coqueiro Seco) adotam a mesma prática. Todos estão na mira do SINMED, que vai solicitar, administrativamente, a complementação do 13º, apesar de ter advertido com antecedência que o valor deveria ser igual à remuneração mensal do médico.



No caso de Coqueiro Seco, o SINMED deverá ir diretamente à Justiça, pedindo a correção do salário-base da médica, assim como a complementação do 13º salário. As providências já estão sendo tomadas pela Defensoria Médica.

Comentários