Exame de sangue pode prever se você vai morrer de câncer nos próximos cinco anos



Você quer saber se  vai morrer dentro dos próximos cinco anos?

Especialistas dizem que o novo exame de sangue é muito mais preciso para avaliar o risco de morte do que outros métodos anteriores. Foto / Getty

Cientistas descobriram uma maneira de prever o risco de morte imediata.


Eles descobriram um marcador no sangue que detecta os blocos de construção do câncer, doença cardíaca crônica e uma variedade de outras doenças graves.


Especialistas dizem que o novo exame de sangue é muito mais preciso para avaliar o risco de morte do que outros métodos anteriores.


Uma equipe internacional de pesquisadores coletaram dados de entre 1997 e 1999 em 6.545 homens com idade entre 45 e 69.


Eles olharam para os marcadores de inflamação, incluindo o novo método - interleucina-6 (IL-6). Os outros dois marcadores eram: proteína C-reativa (PCR) e ± 1-glicoproteína ácida (AGP).


Pesquisas anteriores já haviam encontrado o mais forte preditor de morte no intervalo de cinco anos.

Mas o novo estudo, publicado no Canadian Medical Association Journal , descobriu que a IL-6 foi  apresentou uma medição mais precisa.

O chefe da pesquisa o professor Archana Singh-Manoux, do University College London, disse que as tecnologias são "emocionantes".

"A investigação sobre biomarcadores está progredindo rápido, e é importante a realização de controles como em nosso estudo, a moldar futuras pesquisas", acrescentou.

Num comentário relacionado, o Dr. Paul Ridker, da Harvard Medical School, disse: "a descoberta de biomarcadores é crucial para pensar em novos alvos de tratamento.

"Com relação ao AGP, PCR e IL-6, o que permanece incerto é se reduzir a inflamação pode também reduzir as taxas de eventos cardiovasculares."

Isto vem depois que os cientistas desenvolveram um teste on-line de cinco minutos que pode determinar com precisão a chance de alguém de morrer nos próximos cinco anos.



Traduzido e editado pelo Blog Alagoas real
Se copiar ou criar link,é obrigatório citar a fonte
Do original e o blog ALAGOAS REAL
- Daily Mail

Comentários