Aumento de casos de Influenza A H1N1 no México

Mapa do México
Mapa do México


Em apenas dois meses do início da temporada 2016-2017 de influenza (que termina em abril de 2017) o vírus já provocou três mortes . Isto representa um alerta para o Ministério da Saúde já que na sua última temporada um total de seis mortes foram registradas. 

Em adição, os meses com a maior presença da doença ainda estão por vir. É janeiro e fevereiro porque eles são os mais frios do ano. 

Dados do Departamento de Epidemiologia do Ministério Federal da Saúde indicam que, em Yucatan foram  relatados como casos suspeitos de influenza 386 -, em média, 25 casos por semana. No entanto , apenas dezessete desse total foram confirmados como positivos para influenza. 

Dependendo de sua idade, os grupos mais acometidos por esta doença são adultos com mais de 60 anos , crianças de 1 a 9 anos e, em terceiro lugar, adultos entre 40 e 49 anos de idade. 

No México, houve cinco mortes por influenza A H1N1 na temporada: três em Yucatan, uma em Campeche, uma em Jalisco e um no Estado do México.

Comentários