Coreia do Norte emite diretrizes para impedir a propagação da gripe das aves

Coreia do Norte publica diretrizes para prevenir a propagação da gripe aviária


O governo norte-coreano está cada vez mais preocupado com a crescente epidemia de gripe das aves (também conhecida como Influenza aviária) no leste da Ásia, informou a mídia estatal nesta quinta-feira.

Mas os métodos preventivos emitidos pela mídia permanecem primitivos, sugerindo que um surto de gripe aviária H7N9 - que tem uma taxa de 40 por cento de fatalidade - no país poderia ter um efeito desastroso.


"Se alguém está infectado com a gripe das aves ... dentro de um a dois dias, vai apresentar febre alta e dor de cabeça, seguida de tosse e expectoração", disse o site partidário norte-coreano Rodong Sinmun na quinta-feira.


"Será necessário adaptar muitos métodos em conformidade, incluindo a manutenção de um elevado nível de higiene e trabalhar para aumentar a resistência, como o uso de gargarejo com água salgada e beber suco de alho.


Pyongyang até agora tem permanecido em silêncio sobre se o país está sofrendo de qualquer forma de surto de gripe aviária.

Mas está sempre atualizando os leitores sobre a situação do surto da doença na Coreia do Sul, com 24 artigos publicados este mês com as palavras "Coreia do Sul" e "gripe das aves".

A Coréia do Sul viu os piores casos de gripe aviária em dez anos, com cerca de 26 milhões de aves sendo abatidas depois que a cepa H5N6 foi detectada em locais públicos. Ainda não foram relatados casos de humanos contraindo a doença.

Além dos métodos preventivos sugeridos acima, o governo norte-coreano não forneceu nenhuma outra informação, como os cidadãos devem agir ou para onde se reportar se suspeitarem que estão infectados com a doença.

Rodong não relatou que a gripe aviária H7N9 tem 40 por cento da taxa de mortalidade. Até agora, pelo menos, 324 dos 808 casos relatados morreram, conforme um relatório do governo de Hong Kong . .


A Coréia do Norte recentemente teve um surto de gripe aviária em abril de 2014, em fevereiro de 2005 e abril de 2013.

Em resposta, Pyongyang organizou um comitê nacional de emergência para tomar medidas preventivas contra a epidemia, bloqueando o trânsito, desinfetando e enterrando os animais mortos.

Pyongyang em 2005 pediu ajuda de Seul, e a Coréia do Sul forneceu desinfetante contra a gripe. 

Em outubro de 2014, a Coréia do Norte fechou suas fronteiras por meses em um esforço para impedir que o vírus Ebola entrasse no país. A quarentena durou até o ano seguinte, impedindo os estrangeiros de participar na Maratona de Pyongyang.


Traduzido e editado pelo Blog Alagoas real
Se copiar ou criar link,é obrigatório citar a fonte
Do original e o blog ALAGOAS REAL

Fontes
https://www.nknews.org/2016/12/north-korea-issues-guidelines-to-prevent-spread-of-bird-flu/
https://kcnawatch.co/

Comentários