Microreact : Ferramenta online para monitorar surtos de Ebola, Zika e micróbios resistentes a antibióticos

Uma ferramenta on-line de acompanhamento de epidemias que abrange dados abertos e inteligência coletiva para entender surtos.


Microreact-  Ferramenta de análise hierárquica e geográfica



Pesquisadores do Wellcome Trust Sanger Institute e do Imperial College de Londres desenvolveram o Microreact , responsável por uma visualização em tempo real de epidemias . O Microreact é uma livre plataforma de rastreamento que tem sido usada para monitorar surtos de Ebola, Zika e micróbios resistentes a antibióticos



                                      Vídeo sobre a plataforma MICROREACT




A equipe tem colaborado com a Sociedade de Microbiologia para permitir que qualquer pesquisador em todo o mundo possa compartilhar suas últimas informações sobre surtos de doenças. Detalhes da plataforma foram publicados na revista Microbial Genomics em (30 de novembro de 2016).

Até agora, dados de doenças e informações geográficas sobre o movimento de uma infecção ou doença à medida que ela evolui e se espalha eram guardados em bancos de dados que muitas vezes estão fora do alcance das pessoas.

O Microreact é um sistema baseado em nuvem que combina o poder de dados abertos e da web, para fornecer em tempo real uma partilha global de dados e visualização de eventos, permitindo que qualquer pessoa possa explorar e analisar as informações de surto com velocidade e detalhes sem precedentes. Isso está se tornando cada vez mais importante na corrida para monitorar e controlar focos de rápido desenvolvimento como o Ebola ou Zika, ou a crescente ameaça de resistência antimicrobiana.


O Microreact permite que os conjuntos de dados e metadados sejam carregados por meio de um navegador da web, que pode ser visualizado, compartilhado e publicado em um documento de pesquisa por meio de um link permanente na web. A parceria com Microbiana Genomics permite que a revista possa tornar os dados de publicações disponíveis através do Microreact. Isso promove disponibilidade e acesso aberto, enquanto também começa a construir um recurso exclusivo para profissionais de saúde e cientistas no mundo.


"Até agora, a comunidade global de pesquisa foi prejudicada porque os resultados são geralmente apenas compartilhados em imagens estáticas ou tabelas em publicações. O Microreact permite que todos explorem as informações dinamicamente - ao longo do tempo e do espaço - permitindo que elas vejam a imagem inteira. Usando o Microreact leva o rastreamento das doenças para fora das mãos de uns poucos privilegiados e dá a todos que desejam , compreender a evolução da doença. "


Dr. David Aanensen, Diretor do Centro de Vigilância de Patógenos Genômicos (uma iniciativa conjunta entre o Imperial College de Londres e o Instituto Sanger) e um dos criadores do Microreact

Um exemplo de como a Microreact pode democratizar dados genômicos e percepções resultantes é o trabalho da Dra. Kathryn Holt e do Professor Gordon Dougan. Eles publicaram recentemente dois artigos sobre a distribuição global de bactérias da febre tifóide em todo o mundo, mostrando a disseminação epidêmica de uma cepa multirresistente.Mas eles também publicaram seus dados para o Microreact para ajudar outras pessoas construírem seu trabalho.


"Nós reunimos dados de quase 2000 amostras de bactérias Salmonella Typhi recolhidas por 74 colaboradores em 63 países. Comparando as diferentes estirpes e mapeando-as para quando e onde elas foram "capturadas", pudemos mostrar que uma nova cepa resistente aos medicamentos emergiu na Ásia e se espalhou por esse continente e para a África. Nós colocamos todas essas informações na plataforma do Microreact e agora qualquer um pode ver exatamente o que vimos - tanto os cientistas quanto os profissionais de saúde pública encarregados de controlar tais surtos ".

Dr. Kathryn Holt, da Universidade de Melbourne


Ao colocar essas informações no Microreact, os pesquisadores garantiram que os dados continuem a viver - permitindo que outros aprendam com seu trabalho e usem a informação como base de comparação ou fundamento para trabalhos futuros. O Microreact também permite que os pesquisadores individuais possam compartilhar informações globalmente e em tempo real - novas descobertas que poderiam ter impacto imediato.

Traduzido e editado pelo Blog Alagoas real
Se copiar ou criar link,é obrigatório citar a fonte
Do original e o blog ALAGOAS REAL
Fontes: http://www.sanger.ac.uk/
https://microreact.org/showcase
http://mgen.microbiologyresearch.org/

Comentários