OMS alerta sobre o perigo de uma pandemia por gripe aviária H7N9


Macau registrou seu primeiro caso humano de H7N9 ontem. 

Organização Mundial da Saúde


A Diretora Geral Margaret Chan Fung Fu-chun adverte que gripe das aves H7N9 é particularmente preocupante, uma vez que poderia ser uma estirpe pandêmica de gripe. 


Isto porque o H7N9 é o único, que não deixa as galinhas doentes, mas é fatal em humanos. Aves doentes normalmente poderiam fornecer um alerta antecipado para surtos iminentes, informou a Diretora.

Macau registrou seu primeiro caso humano de H7N9 ontem. 


"O maior desafio para o mundo é a próxima pandemia de gripe", disse Chan.

A última pandemia de gripe H1N1 foi a gripe suína humana que se originou no México, em 2009, mas foi considerada mais branda do que a maioria das pandemias. Chan, que foi a primeiro a notificar a OMS de uma nova gripe das aves H5N1 quando ela era diretora de saúde de Hong Kong em 1997, disse que dos vários vírus da gripe aviária, ela prestou mais atenção no H7N9. 


"O H7N9 é único em comparação com o H5N1. Por quê? Porque quando se atinge a população de aves de capoeira, não mata o pássaro. Por isso, se perde um sinal de alerta precoce. Vemos apenas a morbidade e a mortalidade humana", disse ela. 


"Em outras palavras, este não está causando doença em aves, ele só está  causando doença quando salta para os seres humanos. Por isso, precisamos permanecer em alerta. Temos sido constantemente surpreendidos (por H7N9), como não temos sinais de alerta precoce em animais como o que fazemos na H5N1 ".

Traduzido e editado pelo Blog Alagoas real
Se copiar ou criar link,é obrigatório citar a fonte
Do original e o blog ALAGOAS REAL
http://www.thestandard.com.hk/section-news.php?id=177527


Mário Augusto,
15 de Dezembro de 2016

Rating: 5 out of 5
Excelente informação da OMS - Macau registrou seu primeiro caso humano de H7N9 em 14 de dezembro de 2016.

Comentários