Adufal conclama justiça após quase seis anos do assassinato do professor Luiz Ferreira de Souza

" Esperamos Justiça embora a pior injustiça já tenha ocorrido " - Rita Luíza De Percia Namé , viúva do professor Luiz Ferreira de Souza


nota assassinato Luiz Ferreira
Adufal



Segue a nota da Adufal: 



Adufal conclama justiça após quase seis anos do assassinato do professor Luiz Ferreira de Souza

A Associação dos Docentes da Universidade Federal de Alagoas (Adufal) vem a público ratificar a posição dos(as) docentes da Ufal sobre o bárbaro assassinato do professor, médico e político Luiz Ferreira de Souza, em setembro de 2011, ocorrido numa emboscada em que os criminosos simularam a situação de uma pessoa passando mal na estrada e ele, na condição de médico, parou o carro para prestar socorro.


Depois de quase seis anos, a Adufal mais uma vez compartilha o sentimento de indignação manifesto pela família, a comunidade universitária, os(as) profissionais da área da saúde e a classe política, conclamando a todos(as) à articulação de uma corrente vigorosa exigindo a punição dos responsáveis e fortalecer a luta do combate a violência no Estado.

Em diversas ocasiões a Adufal vem denunciando a situação de violência em Alagoas com índices crescentes que preocupam as instituições e toda a população que clama por segurança e paz nas relações sociais.

Associado desta entidade, Luiz Ferreira de Souza marcou sua história de vida, sob a égide da ética, na promoção de uma saúde humanizada. Que a justiça feita seja um tributo a sua dignidade, em defesa da vida, da paz e da justiça social em Alagoas.

Em respeito ao compromisso educacional, político e social do companheiro Luiz Ferreira, a Adufal une-se à sociedade alagoana clamando por medidas que, além do combate e erradicação da violência, alcancem articulações de políticas e programas que promovam emprego, moradia, educação, saúde e segurança para os(as) cidadãos(ãs) do Estado de Alagoas.

A família, companheiros(as), alunos(as) e amigos(as) de Luiz Ferreira de Souza e a sociedade alagoana reclamam o direito à vida, o esclarecimento do bárbaro crime, e a punição imediata dos que ceifaram covardemente a vida do eminente Professor do Curso de Medicina da Ufal.

A MORTE DE LUIZ FERREIRA NÃO PODE FICAR IMPUNE!

A SOCIEDADE ALAGOANA PEDE JUSTIÇA

Comentários