Relatório semanal da OPAS diz que casos de febre amarela estão em declínio



Apesar dos casos no Brasil, Colômbia, Peru e Bolívia neste ano, a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) afirmou em seu relatório semanal que o atual surto de febre amarela na América do Sul está diminuindo.

atualização opas febre amarela


Desde a última atualização da OPAS em 23 de fevereiro, houve apenas 32 novos casos humanos suspeitos e 5 mortes no Brasil, elevando o total de casos suspeitos para 1.368 e elevando o número total de mortes para 220. A taxa de letalidade nesse país É de 33% entre os casos confirmados e 11% entre os casos suspeitos.


Desde a semana passada, mais um estado brasileiro relatou casos suspeitos ou confirmados da doença transmitida pelo mosquito, fazendo os cálculos atuais da seguinte forma: Minas Gerais (1.209), Espírito Santo (185), São Paulo (10), Bahia (9) , Tocantins (2), Goiás (1) e Rio Grande do Norte (1). Até o momento, os estados que relatam casos confirmados permanecem  três: Espírito Santo, Minas Gerais e São Paulo.

Como na semana passada, a OPAS está relatando mais casos em primatas não-humanos. Um total de 76 novas infecções foram encontradas em primatas não humanos (PNH) e estão sob investigação, elevando o número total de casos epizoóticos para 959.


Ainda não há evidências de que o mosquito Aedes aegypti esteja desempenhando um papel na transmissão, disse a OPAS. 

Traduzido e Editado
Se copiar é obrigatório citar o link do Blog AR NEWS


FONTE
02 de março OPAS relatório

Comentários